Conecte-se conosco

Economia

Etanol já custa mais caro do que gasolina em alguns postos do Brasil

Posto de cidade no interior do Rio Grande do Sul vende biocombustível com preço 1,65% maior do que o da gasolina.

Publicado

em

O preço do etanolultrapassou o da gasolina em um posto da cidade de Bagé, no Rio Grande do Sul. O estabelecimento comercializa o bicombustível por R$ 7,899 o litro, enquanto o derivado de petróleo custa 1,65% a menos, ou R$ 7,769.

Leia mais: IPVA 2022: Lei isenta 204 mil veículos de pagar tributo no ano que vem

A inversão é incomum porque o etanol tem rendimento 30% inferior ao da gasolina. Por esse motivo, só vale a pena encher o tanque com ele quando a diferença de preço reflete esse percentual.

O Rio Grande do Sul é o estado brasileiro que cobra o maior preço médio pelo etanol, R$ 6,943 o litro, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Por lá, também não vale a pena abastecer com o biocombustível, já que a paridade em relação à gasolina chega a 98,04%. O preço médio do derivado de petróleo no estado é de R$ 7,082 o litro.

Na última semana, um levantamento da ANP mostrou que não valia a pena abastecer com etanol em nenhum estado do país e nem no Distrito Federal.

Influência nos preços

Sobre essa diferença no valor do combustível, a Vibra Energia (antiga BR Distribuidora) afirmou que não interfere nos preços praticados por postos bandeirados.

“Por lei, os postos são agentes diferentes e a precificação é livre nos diversos mercados, e cada revendedor tem níveis de formação de custo dos produtos e de competitividade diferentes, o que leva a uma diferenciação nos preços praticados nas bombas em todo o Brasil”, explicou em nota.

O Posto Cinturão de Combustíveis Ltda., situado em Bagé, não retornou aos pedidos do portal R7 para explicar sobre o preço do etanol vendido nas bombas.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS