Conecte-se conosco

Ações, Units e ETF's

Guide diz esperar cenário de volatilidade para abril e divulga carteira Valor

A aceleração da inflação também preocupa a gestora

Publicado

em

Investimentos sem IR

A Guide Investimentos divulgou sua carteira recomendada Valor para o mês de abril. A gestora diz esperar um cenário de elevada volatilidade, não apenas devido ao aumento de casos de infecção por Covid-19 ao redor do mundo, mas também pela preocupação em torno de movimentações do governo local.

Também por conta da aceleração da inflação no mercado doméstico e nos Estados Unidos que devem seguir sendo um dos principais pontos de atenção à medida que investidores passam a avaliar a possibilidade de elevação nas taxas de juros antes do que inicialmente prevista nos EUA e de uma aceleração das altas da SELIC no Brasil.

“Acreditamos, no entanto, que o andamento das campanhas de vacinação em diferentes países possa gerar um otimismo maior para setores relacionados à tese de reabertura comercial. Com relação a carteira, optamos por retirar os ativos do BTG Pactual e Locaweb, para dar entrada em Cemig e Pão de Açúcar. Nossas trocas visam adequar a carteira ao cenário atual, reduzindo a correlação com índice Ibovespa com foco em geração de alfa em nomes que acreditamos que devem continuar a ter uma boa performance em bolsa.”

Guide divulga carteira Valor para abril e diz esperar cenário de volatilidade

Guide Investimentos

Com relação a março, a carteira encerrou o mês no campo positivo, mas abaixo do seu índice de referência (Ibovespa). O mês foi novamente marcado por uma fuga dos estrangeiros da B3 devido ao aumento do risco político e retorno de medidas mais restritas de circulação devido ao aumento de casos de infecção por Covid-19 em alguns estados, movimento que foi amenizado por notícias relacionadas a compra de novas doses de vacinas e ainda o início da produção da ButanVac, vacina 100% brasileira.

Entre outros destaques do mês estão a aprovação da PEC Emergencial, com mecanismos para conter gastos do governo que excedam o teto de gastos, e a reforma ministerial, que acabou por aproximar o governo do congresso. No cenário internacional, as preocupações quanto a aceleração da inflação nos Estados Unidos resultou em elevações dos yields dos treasuries, penalizando ativos de risco. O setor de tecnologia foi o mais afetado, resultando em fortes perdas na Nasdaq.

“A Marfrig foi o grande destaque de alta da nossa carteira ao longo de março. Tal desempenho decorreu de um ótimo resultado divulgado pela companhia em meio a um cenário que sinaliza aos investidores de que deverá ser duradouro com: câmbio depreciado; forte demanda chinesa e retomada econômica norte-americana.

Você pode gostar
Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.