Conecte-se conosco

Carreira

5 competências necessárias para conquistar uma carreira no mercado financeiro

Além dos aspectos técnicos, esses profissionais precisam estar emocionalmente preparados para lidar com a volatilidade dessa área.

Publicado

em

Dicas para trabalhar no mercado financeiro

Trabalhar diretamente no mercado financeiro é objetivo de cada vez mais pessoas. No entanto, é necessário cumprir alguns requisitos para conseguir uma vaga nessa área tão disputada. Nesse sentido, é válido ressaltar que essas habilidades são tanto intelectuais quanto emocionais. Confira quais são e comece a preparação. 

Domine o inglês

Hoje, dominar uma segunda língua é fundamental para quase todas as áreas. Porém, no mercado financeiro, é imprescindível saber falar e compreender bem o inglês, afinal, esse segmento da economia possui diversos termos na língua inglesa que não são traduzidos. Além disso, é uma forma de se mostrar preparado para novos desafios, como falar com um investidor estrangeiro, por exemplo. 

Mantenha o hábito de leitura

Ao falar sobre economia, muitas pessoas associam o setor apenas à matemática. Essa definição equivocada pode fazer muitos investidores e profissionais ficarem para trás. No mercado financeiro, estar bem informado é fundamental, visto que essa área está em constante mudança e, com isso, novas informações surgem o tempo todo. Assim, ter o hábito de leitura é um grande diferencial nesse contexto. 

Entenda a legislação relacionada às finanças 

É essencial entender a legislação relacionada às finanças, uma vez que esse conhecimento evita entrar em conflito com a justiça tributária. Mesmo não sendo uma atividade tão interessante para algumas pessoas, é válido conhecer as regras dos produtos financeiros. Afinal, isso vai ajudar a lidar com os próprios ganhos, além dos lucros de empresas e clientes. 

Aplique a visão estratégica

Uma boa visão estratégica é essencial para ter uma carreira no mercado financeiro. Afinal, ao considerar diferentes elementos da economia, é possível se antecipar e fazer dinheiro com as iminentes mudanças. Por mais que tudo pareça bem, considere o todo antes de tomar qualquer decisão. 

Desenvolva a inteligência emocional

O mercado financeiro é conhecido por ser uma montanha-russa de emoções. Entretanto, nem sempre a inteligência emocional ganha o destaque devido. Ter o domínio deste aspecto é crucial para não deixar que os sentimentos impeçam a realização de melhores estratégias. Nesse mercado, é preciso ter tranquilidade.

Publicidade
Comentários

Carreira

Profissões relacionadas à tecnologia vão ganhar destaque no pós-pandemia; Saiba quais são

Tendência de atividades remotas aceleram a necessidade de novas profissões, enquanto outras ocupações têm demandas aumentadas.

Publicado

em

Vagas de emprego tecnologia

A pandemia gerou impactos em todas as esferas da sociedade, inclusive na aceleração de tendências que já eram visíveis. Essa dinâmica está diretamente relacionada com as profissões do futuro, que agora estão cada vez mais próximas. 

Projeções do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), sinalizam que “a pandemia intensificou, de forma dramática, esse processo de atualização tecnológica, o que deve antecipar para 2021 e anos seguintes uma demanda que estava prevista para daqui a cinco ou dez anos”, explicou Rafael Lucchesi, diretor-geral do Senai. 

O analista de alta conectividade e o orientador de trabalho remoto estão no topo da lista dessas profissões. De acordo com o Senai, trabalhos já existentes devem ganhar mais fôlego e obter maiores demandas, como é o caso dos técnicos em mecatrônica e telecomunicações. No total, o Senai enumerou 25 ocupações que vão ser impulsionadas no pós-pandemia. Grande parte desses empregos têm foco no desenvolvimento de atividades remotas, possibilitando o trabalho no ambiente virtual. 

O setor de tecnologia vai ganhar ainda mais força com a adoção da tecnologia 5G, que se caracteriza pela altíssima velocidade da conexão. Para tal, vai ser necessário desenvolver, instalar e manter uma nova infraestrutura. Assim, segundo as projeções do Senai, especialistas em novas ocupações, diretamente ligadas a essa infraestrutura, vão ganhar destaque.

Profissionais com conhecimento em administração de conectividade e especialistas em logística 4.0 também vão ter demandas aumentadas. Além desses, analistas de big data, de Internet das Coisas (IoT) e de impressão em 3D vão estar em alta. 

Por conta da ampliação das experiências em home office, educação a distância, comércio online, entre outros, um profissional-chave nessa nova dinâmica vai ser o orientador de trabalho remoto. Esse trabalhador é um tipo de coach que ensina os demais colaboradores a aproveitar os recursos online em sua totalidade. 

Continue lendo

MAIS ACESSADAS