Conecte-se conosco

Empresas

A relação entre a voz e a imagem pessoal

Quando falamos sobre uma construção competente da imagem pessoal não podemos deixar de citar a voz. Saiba mais

Publicado

em

Quando falamos sobre uma construção competente da imagem pessoal não podemos deixar de citar a voz. É necessário que a fala seja feita com clareza e objetividade, assim como o vocabulário escolhido para a situação em questão.

Veja também: Sua postura influencia seus resultados em uma entrevista de emprego

É imprescindível que se utilize um tom de voz e uma velocidade adequada para que o ouvinte entenda com naturalidade e interprete a mensagem de forma correta. Isso vale tanto para o ambiente profissional como para relações interpessoais!

A voz é uma característica que diz muito sobre a imagem que desejamos transmitir para as pessoas. É através dela que demonstramos as nossas emoções, nossas intenções, nosso estado de espírito, entre outros aspectos psicológicos que estão associados ao interlocutor.

Em treinamentos empresariais, um dos pontos mais trabalhados é o tom de voz, especialmente quando o ambiente é sobre o atendimento aos clientes, tanto por telefone quanto presencial. Depois através da voz o cliente percebe nossa boa vontade ou má vontade em prestar o serviço.

Em uma pesquisa feita pelo Centro de Pesquisa, Desenvolvimento Educação Continuada (CPDEC), que entrevistou aproximadamente 400 executivos de empresas brasileiras de grande porte, apontou que 90% dos profissionais fazem o reconhecimento de sua influência positiva ou negativa através da voz no interlocutor.

Através das características da voz do interlocutor é possível realizar algumas aferições como lento, mais ou o menos sociável, competente, inteligente e até uma pessoa que possui habilidade para posição de liderança.

Entre os entrevistados, 58,7% opinaram que as características vocais para um colaborador refletem de forma direta em sua personalidade. Geralmente, as pessoas com vozes vibrantes possuem uma capacidade de persuasão maior, já pessoas com tons de voz mais graves estão relacionadas às pessoas autoritárias e aquelas que possuem vozes agudas demonstram fragilidade.

Segundo 74,40% os entrevistados, o modo de voz o que mais causa irritação é a voz estridente, seguido pela voz (45,70%).

A escola de negócios da Duke University realizou um estudo que analisou o timbre da voz de 729 presidentes de empresas de grande porte e a conclusão foi que os profissionais que atuam com a voz e tem o conhecimento para utilizá-la e projetá-la, conseguem dominar a situação dos ambientes. os executivos que possuem vozes mais graves possuem salários mais altos e maiores estabilidade em seu cargo.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS