Conecte-se conosco

Tecnologia

Agora é possível conferir antecedentes criminais antes de sair com alguém do Tinder

Visando melhorar a segurança dos usuários, o Tinder agora permite consultar antecedentes criminais.

Publicado

em

Cibercriminosos voltam a minerar criptomoedas em 2021, diz Kaspersky

A segurança nos aplicativos de relacionamento é um ponto muito questionado, já que é muito difícil conhecer inteiramente a pessoa que está do outro lado. Dessa maneira, o app de relacionamentos Tinder agora possibilita acesso aos antecedentes criminais de usuários.

A intenção é tornar o ambiente mais seguro e que as pessoas possam conhecer melhor quem está por trás da outra tela antes de sair. A ideia é evitar surpresas desagradáveis e passar um pouco mais de segurança. Quer saber mais? Acompanhe a leitura.

Como saber os antecedentes criminais?

Recentemente, pensando na segurança dos seus usuários, o Tinder lançou mais uma ferramenta. Dessa vez é possível que os participantes chequem os antecedentes criminais da pessoa antes do encontro.

A nova ferramenta no momento está disponível somente para usuários dos Estados Unidos, pois foi criada em parceria com a Garbo, organização destinada a fazer a verificação dos antecedentes criminais das pessoas.

Assim, antes de sair com com alguém, é possível verificar se ele já cometeu algum crime e pensar duas vezes antes de ir para o encontro. De certo modo, isso possibilitará mais segurança, já que as pessoas tendem a ocultar os lados obscuros da sua personalidade.

Como vai acontecer?

A seguridade do aplicativo de relacionamentos é sempre uma questão importante, pois muitas pessoas se aproveitam daquele lugar, da vulnerabilidade de algumas pessoas e do sentimento para aplicar golpes.

Existem muitos golpistas e mentirosos atacando na internet. Assim, a nova ferramenta destaca a possibilidade de saber um pouco mais sobre o passado de cada usuário. Número, telefone e endereço serão ocultados das pesquisas. Somente aparecerão as acusações relevantes, como assaltos ou homicídios. Já acusações como posse de drogas, por exemplo, não serão mostradas.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS