Conecte-se conosco

Criptomoedas

Aumento do crédito sem bancos eleva ganhos de fundos de hedge de criptomoeda

Índice de hedge de cripto do fundo fundos Vision Hill mostra avanço de 126% em 2020.

Publicado

em

Fundos de hedge de criptomoedas obtiveram ganhos fortes até o momento em 2020, apoiados pela aumento de transações que possibilitam que credores e tomadores de crédito realizem operações sem bancos, além do salto no preço do bitcoin.

Lançado em setembro de 2018 pelo fundo fundos Vision Hill, o índice de hedge de cripto indica avanço de 126% em 2020.

Os setores de fundos de hedge não cripto monitorados pelo BarclayHedge, outro grupo de dados, indicavam leve aumento de 1,7% até setembro.

Scott Army, fundador e diretor executivo da Vision Hill, afirmou que o surgimento de finanças descentralizadas, ou DeFi, que usam plataformas de criptomoedas que facilitam empréstimos fora dos bancos tradicionais, foi a medula do desempenho forte dos fundos de criptomoedas este ano.

De acordo com dados do site da indústria DeFi Pulse, o total de empréstimos nas plataformas foi de 11,1 bilhões de dólares na quinta-feira, segundo dados do site da indústria DeFi Pulse, acréscimo de 180% em relação aos quase 4 bilhões em agosto. Nos sites DeFi, os algoritmos definem taxas em tempo real com base na oferta e na demanda.

Outro fator que impulsionou os fundos de hedge foi o aumento de mais de 80% do bitcoin em 2020, que desencadeou em altas no mercado de criptomoedas.

“Não é tão especulativo como era há três ou quatro anos”, disse Terry Culver, presidente da Digital Financie, aumentando que o mercado amadureceu.

Continue lendo
Publicidade
Comentários