Conecte-se conosco

Economia

Auxílio Brasil tem fila de 1,3 milhões de pessoas

Como muitas pessoas estão passando por dificuldades oriundas da crise financeira, a fila do Auxílio Brasil cresceu drasticamente. Confira!

Publicado

em

O Brasil vem passando por uma crise financeira e de emprego. Junto nesse aglomerado, está a crise do emprego e a alta inflacionária que afetou diretamente o poder de compra da população, mudando completamente a dinâmica das pessoas no que refere-se ao bem estar social.

Veja também: Desemprego faz trabalhadores optarem por aplicativos para trabalhar

Em vista disso, o novo levantamento feito pelo CadÚnico mostrou que cerca de 1,3 milhões de pessoas estão aguardando para poder receber o Auxílio Brasil, como único meio de tentar sobreviver a esse pandemônio que transformou-se o Brasil nos últimos anos.

No entanto, com a inflação nas alturas e o Brasil voltando ao mapa da fome, muitas famílias pobres estão em busca do auxílio para poder fechar as contas no final do mês, e, acima de tudo, poder comprar alimentos para seus filhos.

De fato, o governo federal não fez a estipulação de um limite de pessoas para a concessão do auxílio, porém, vale a pena ater-se ao fato de que o número grandes de pessoas na fila pode causar uma certa “demora” na aprovação, uma vez que o sistema do governo para avaliar quem pode ou não receber está se mostrando lento até então.

Desse modo, para poder ter acesso ao auxílio Brasil, é necessário comprovar para o governo que você se encaixa nos requisitos do programa, mas, para dar o primeiro passo, é necessário ir diretamente a um centro de assistência social com os documentos que comprovam que você possui baixa renda e os requisitos mínimos para poder fazer parte do programa.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS