Conecte-se conosco

Criptomoedas

Bitcoin não declarado no IR pode gerar multa se cair na malha fina

Uma vírgula errada ou um zero a menos, ou a mais podem trazer uma grande incompatibilidade nos valores declarados

Publicado

em

Veja como declarar Bitcoin e outros ativos digitais no IR 2021

A temida malha fina do Imposto de Renda pode realmente se transformar em um problema para o contribuinte. Mas não se trata de nenhuma “caça às bruxas”, é apenas uma maneira da Receita Federal diminuir a incidência de fraudes na declaração.

De acordo com o CoinTelegrapf, em alguns casos, por simples dúvidas ou erros no preenchimento, a malha fina também pode acontecer.

“Cair na malha fina”, significa que a Receita Federal identificou algum erro na declaração do Imposto de Renda e, por isso, acabou retendo o documento. Contribuintes com essa restrição não conseguem receber a restituição até que o problema seja resolvido.

Isso pode acontecer por diversos fatores, inclusive por informar incorretamente ganhos ou posse de criptomoedas.

Bitcoin: não declarou e caiu na malha fina; saiba o que fazer

Bitcoin

Segundo João Esposito, CEO da Express CTB – accountech de contabilidade – isso acontece como uma medida de proteção, já que muitas pessoas, na tentativa de diminuir os impostos pagos, acabam incluindo informações incorretas ou omitindo dados.

“Mas é importante ressaltar que o problema também pode acontecer por erros na declaração, por falta de atenção ou de conhecimento”, explica.

Os especialistas da Express CTB elencaram as falhas mais comuns no Imposto de Renda para quem ainda não declarou.

“A atenção deve ser redobrada na hora de fazer a sua declaração para diminuir as chances de retenção”, ressalta Lisiane Antunes, coordenadora fiscal da Express CTB.

Informar valores incorretos

Uma vírgula errada ou um zero a menos, ou a mais podem trazer uma grande incompatibilidade nos valores declarados. Até mesmo incluir valores no campo errado pode gerar problemas. Por isso, a recomendação é não deixar para a última hora e fazer uma boa revisão antes do envio.

Omitir a fonte pagadora

Muitos contribuintes esquecem de pedir os informes de rendimentos e, muitas vezes, não estão mais na mesma empresa, ficando assim sem os dados necessários para fazer a declaração completa.

“Os recebimentos de todo o ano anterior devem ser incluídos na declaração, com o nome da empresa responsável, mesmo que não se trate mais do emprego atual”, esclarece Esposito.

Os informes de rendimento bancário, investimentos, previdência privada, entre outros, em geral, são enviados por e-mail para o contribuinte, porém se seus dados não estão atualizados, é possível retirá-los direto na sua agência e no caso de empresas digitais, solicitar através do SAC.

Usuários de criptomoedas baseados nos Estados Unidos provavelmente ainda terão que pagar impostos sobre NFTs, diz CNBC

“Mas, o mais importante é estar com todos disponíveis na hora da declaração”, reforça Lisiane.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.