Conecte-se conosco

Criptomoedas

CEO da Terraforms Lab está sendo investigado

O CEO da Terraforms Lab, Do Kwon, está passando por diversos processos investigativos atrelados à queda da LUNA. Confira aqui!

Publicado

em

A criptomoeda Luna sofreu uma queda histórica, zerando seu valor de mercado completamente. Essa movimentação ocorreu, de acordo com os especialistas, devido à perda da confiança nas soluções blockchain da empresa. Nesse sentido, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA, a SEC, começou uma investigação relacionada ao CEO da Terraform Lab, Do Kwon, devido ao colapso do ecossistema Terra, além das suas stablecoins UST e da criptomoeda LUNA.

Leia também: Investimentos em criptomedas: como fazer

Em vista disso, de acordo com as fontes locais, estaria sendo investigado também um esquema que envolve o CEO da Terraform Lab atrelado à lavagem de dinheiro. Desse modo, de acordo com as agências de notícias sul-coreanas Naver e JTBC, algumas fontes relataram à SEC que Do Kwon fazia movimentações de 80 milhões de dólares em tokens UST e Luna para suas carteiras e os sacava todos os meses antes do colapso do ecossistema Terra.

“Em particular, a SEC também captou uma circunstância em que cerca de 100 bilhões de wons [US$ 80 milhões] de fundos da empresa saíam todos os meses para despesas operacionais alguns meses antes do colapso da Terra. Esta é a parte suspeita de ‘lavagem de dinheiro’ do CEO Kwon”, publicou a JTBC na última quinta-feira (9).

Por conseguinte, Kwon também é suspeito de quebrar o Securities Act. Isso está ocorrendo devido ao fato de que a SEC considera que ele poderia ter feito a compra de títulos dos Estados Unidos utilizando a criptomoeda da rede Terra. Portanto, caso essas suspeitas também comprovem-se como verdadeiras, Do Kwon entraria em ação legal nos EUA.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS