Conecte-se conosco

Bancos

Cias&Cifras | Neoenergia aprova proposta de JCP; Yuca lança fundo imobiliário de R$ 40 mi

Cias&Cifras | Neoenergia aprova proposta de JCP; Yuka lança fundo imobiliário de R$ 40 mi

Publicado

em

A Neoenergia (NEOE3) informou que, considerando os resultados apurados pela companhia até 30 de junho de 2020, foi aprovada uma proposta de Juros sobre Capital Próprio (JCP) no valor de R $ 278.402.000,00, correspondente a R $ 0,2293645009 por ação ordinária.

De acordo com a empresa, o pagamento será realizado a partir de 10 de dezembro de 2020 sem atualização monetária, com base na posição acionária de 18 de junho de 2020.

Já em 19 de junho de 2020, as ações passaram a ser negociadas ex-direito.

Será deduzido o Imposto de Renda, exceto para os acionistas que tenham comprovado, junto ao Banco Itaú, uma condição de dispensados ​​da retenção do referido imposto.

Neoenergia: 3ª tri

A elétrica Neoenergia , controlada pelo grupo espanhol Iberdrola, divulgou lucro líquido de R$ 814 milhões no terceiro trimestre , crescimento de 36% na comparação anual, com o aumento da receita e a melhora dos resultados operacionais e financeiros.

A receita líquida da companhia, controlada pela espanhola Iberdrola, somou R$ 7,98 bilhões, o que representa uma alta de 11% na mesma base de comparação. O resultado operacional, antes do financeiro e dos tributos, cresceu 19%, para R$ 1,35 bilhão.

> Yuca lança fundo imobiliário de R$ 40 mi

O mercado financeiro cresce mais a cada dia principalmente por conta de novos players que acabam acessando o segmento por diversificação ou mudança de segmento. Um desses fatores levará a startup de habitação Yuca a anunciar, hoje, a criação de um fundo imobiliário no valor de R $ 40 milhões.

De acordo com o Estadão, a iniciativa conta com apoio da assessoria do Itaú BBA. O veículo de oferta restrita teve captação já realizada junto a investidores profissionais e instituições. A captação vai ajudar a empresa, fundada em 2019, a comprar imóveis para aumentar a oferta de seu serviço de locação residencial em São Paulo.

> Sinqia adquire a Fromtis

A Sinqia anunciou ontem a aquisição da Fromtis, referência em softwares para FIDCs – fundos de investimento em direitos creditórios. A empresa, localizada em São Paulo, conta com 26 clientes e 44 colaboradores, e reportou uma receita bruta de R$ 9 milhões nos últimos 12 meses.

De acordo com dados da Anbima, os fundos FIDCs somaram um patrimônio líquido de R$ 190 bilhões em setembro e representaram a classe de ativos que mais cresceu nos últimos 5 anos. De 2014 a 2019, houve uma expansão de 555% no patrimônio líquido, comparada com 28% para os fundos de renda fixa, 110% para os fundos de ações, e 65% para os multimercados.

Bernardo Gomes

Segundo Bernardo Gomes, CEO da Sinqia, esses números mostram que os FIDCs estão ganhando relevância, ainda mais em um contexto de redução prolongada nas taxas de juros.

Atualmente existem 148 gestores de recursos que ofertam os fundos FIDCs, de um total de 688 no ranking Anbima, ou seja, apenas 22%.

“Os investidores finais procuram opções mais rentáveis e, para atendê-los, diversos gestores estão se preparando para trabalhar com fundos estruturados, inclusive os FIDCs. Já estamos observando essa demanda”, afirma o executivo.

O software

O software da Fromtis será incorporado à plataforma Sinqia Fundos, que conta com outros produtos para a indústria. “Nosso racional para essa aquisição foi complementar o portfólio com uma solução referência, totalmente preparada para suportar o crescimento da indústria de FIDCs no Brasil. É uma solução no conceito SaaS, funcionalmente completa e tecnologicamente atualizada, suportada por uma equipe de especialistas sem igual”, explicou.

Essa é a 17ª aquisição realizada pela Sinqia e a 3ª com recursos da oferta de ações realizada em setembro de 2019, que levantou R$ 363 milhões. Considerando as aquisições de ISP, Tree e Fromtis, a empresa já destinou R$ 127 milhões (incluindo os earnouts), ou 35% dos recursos, em linha com o plano original.

“Continuamos entusiasmados com as perspectivas de consolidação. Cumprimos a missão em 2020, e o início de 2021 promete muitas novidades”, concluiu.

Valores

A aquisição da Fromtis foi realizada pelo valor inicial de R$ 14 milhões à vista e R$ 5 milhões a prazo, pagos nos próximos cinco anos. O valor final poderá ser acrescido de R$ 9 milhões (earnout) condicionados a metas futuras. As operações da empresa serão mantidas sem alterações para os clientes e a equipe.

Vacina

Vacina contra Covid-19

> Evolução no desenvolvimento de vacinas sustenta mercados

Relatório da XP Investimentos informa que o Ibovespa encerrou o pregão de ontem em alta de 0,30%, fechando em 110.133 pontos, com a manutenção das perspectivas positivas para ativos de risco ao redor do mundo frente ao desenvolvimento de vacinas contra COVID-19.

Conforme o documento, o índice também vem sendo puxado pela volta dos estrangeiros para a bolsa, com o aumento da exposição a mercados emergentes. Os principais destaques positivos do índice foram as ações de CVCB3 (+9,4%), USIM5 (+7,5%) e PRIO3 (+5,2%).

Dólar, juros e apetite

Por outro lado, o dólar comercial caiu 1,09% a R$ 5,32. As taxas futuras de juros fecharam ontem em queda ao longo de toda a curva, mantendo assim a elevada inclinação. Sem avanços do lado fiscal local, o movimento foi reflexo do apetite a risco externo, o que beneficia ativos emergentes, como o real. DI jan/23 fechou em 5,14%; DI jan/25 encerrou em  6,93%; e DI jan/27 fechou em 7,68%.

Nessa quinta-feira (26), os mercados globais amanhecem em leve alta, com futuros do S&P 500 subindo 0,04% e bolsas europeias subindo 0,01%, refletindo o equilíbrio das perspectiva de curto prazo de uma onda de inverno difícil com o aumento de casos de COVID-19 e as perspectivas mais positivas de médio prazo, graças à vacina e à recuperação que se seguirá.

Publicidade
Comentários

Bancos

Banco do Brasil renegocia R$ 40 milhões em dívidas por WhatsApp

Foram cerca de 4,5 mil acordos feitos pelo banco, em pouco mais de quatro meses de funcionamento da solução tecnológica.

Publicado

em

Banco do Brasil

De acordo com o Banco do Brasil (BB), em cerca de quatro meses de atuação, a renegociação de dívidas via WhatsApp chegou a R$ 40 milhões de endividados. Uma função inédita no sistema financeiro brasileiro, o assistente virtual está em funcionamento desde agosto de 2020, sendo exclusivo para os clientes da instituição financeira.

A ferramenta utiliza inteligência artificial e isenta a necessidade de um atendente. Segundo o banco, aproximadamente 4,5 mil acordos de clientes pessoas físicas foram consolidados pela solução tecnológica. 

Com renegociações de até R$ 1 milhão e na média de quatro minutos para conclusão, a plataforma contempla clientes com pagamentos atrasados. Pessoas do sexo feminino, com faixa etária entre 18 e 29 anos, lideram o uso do recurso. 

Para fazer a comunicação com o BB pelo WhatsApp é necessário ter o dispositivo liberado para transações via rede social. Basta salvar o número (61) 4004-0001 e entrar em contato com o banco. As renegociações de dívidas devem ser feitas diretamente com o assistente virtual ou pelo envio da palavra #renegocie.

A própria plataforma de inteligência artificial localiza as ofertas de renegociação possíveis para cada usuário. Ao selecionar uma, o negócio é automaticamente fechado e o boleto enviado pelo WhatsApp. Também é possível solicitar uma conversa direto com o atendente. 

Além da renegociação, o sistema permite cancelar o acordo efetuado, emitir segunda via de boleto de renegociação e liquidar antecipadamente os acordos.

Continue lendo

Bancos

Sem custos e com limite de até R$ 5 mil, poupança social digital Caixa vira lei

Regulamentada pelo governo federal e movimentada pelo app Caixa Tem, a poupança digital é usada para pagamento de benefícios sociais.

Publicado

em

Poupança Digital

A lei n° 14.075, publicada em 23 de outubro de 2020 no Diário Oficial da União (DOU), regulamentou a poupança social digital da Caixa Econômica Federal. Lançada no ano passado, a conta foi sancionada pela legislação, de acordo com o proposto na Medida Provisória (MP) n° 982, de 2020.

Sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), o texto não obteve nenhum veto. Convertida em lei, a poupança social digital passa a ser permanente. Ainda, há propostas para que ela seja expandida para liberação de crédito e demais benefícios governamentais.

A poupança digital tem sido aberta automaticamente para os beneficiários dos programas sociais. São exemplos: abono salarial, auxílio emergencial, Benefício Emergencial para Preservação do Emprego e da Renda (BEm) e Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Caso queira consultar se existe uma conta aberta em sua titularidade, basta verificar o site da Caixa Econômica Federal ou por meio do aplicativo Caixa Tem. Na plataforma é onde são gerenciados os recursos financeiros. 

Sem custos, a conta poupança social digital da Caixa permite a movimentação do dinheiro referente ao pagamento dos benefícios, com limite de até R$ 5 mil. Além disso, os cidadãos podem pagar boletos e fazer até três transferências eletrônicas gratuitas por mês.

Continue lendo

Bancos

Empréstimo Caixa Tem de até R$ 2 mil já está liberado?

Pessoas de baixa renda poderão solicitar créditos de até R$ 2 mil pelo aplicativo Caixa Tem, de forma rápida, prática e segura.

Publicado

em

Caixa Tem

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, divulgou em dezembro de 2020 uma nova linha de crédito para os beneficiários do auxílio emergencial. Apesar do anúncio, o empréstimo Caixa Tem ainda não foi implantado, mas pode sair em breve, segundo Guimarães.

Com limite de até R$ 2 mil, a modalidade de empréstimo possui taxas de juros atrativas. O intuito é ajudar as pessoas em situação de vulnerabilidade social e que foram mais afetadas pela pandemia de Covid-19. 

A estimativa é que sejam liberados aproximadamente R$ 10 bilhões para o financiamento, que visa estimular a recuperação econômica com o término do pagamento do auxílio. 

Segundo o presidente do banco, a linha de crédito teve um aumento no limite a ser liberado, indo de R$ 1 mil para R$ 2 mil. O objetivo é que a população de baixa renda consiga contratar o empréstimo de forma rápida, simples e prática pelo aplicativo Caixa Tem. E isso com taxas de juros reduzidas, entre 1,5% e 2,5% ao mês. 

Entre as novidades da plataforma, já há o Seguro Apoio Família, em vigor desde outubro de 2020. Ainda, a instituição financeira deve anunciar outras linhas de microcrédito e produtos, como títulos de capitalização. 

Continue lendo

MAIS ACESSADAS