Conecte-se conosco

Finanças

Como ter renda extra ao se aposentar com a nova reforma da previdência?

Com a nova reforma da previdência, existe um teto máximo a ser pago na aposentadoria. Confira aqui como manter seu patamar salarial!

Publicado

em

Durante muito tempo, a aposentadoria foi o sonho de grande parte da população brasileira. De fato, a ideia de poder aproveitar a família, o tempo e a vida, depois de anos de contribuição para a previdência, proporcionou forças à população. No entanto, depois da reforma previdenciária que ocorreu no ano de 2019 no Brasil, a aposentadoria acabou tornando se um sonho cada vez mais distante para muitos trabalhadores.

Leia mais: Dúvidas sobre aposentadoria: É possível se aposentar com 50 anos de idade e 30 anos de contribuição?

Todavia, esse fator agravou-se mais ainda ao levar em consideração que grande parte da população durante o isolamento social (e até hoje) está trabalhando na informalidade devido à falta de emprego e de políticas públicas para essa questão, aumentando a informalidade no país.

Nesse sentido, considerando a inviabilidade de antecipar a aposentadoria antes dos 60 anos, mesmo que você já tenha contribuído pelo tempo necessário, especialistas afirmam que é extremamente importante preparar-se para o longo prazo no que refere-se ao rebaixamento do seu padrão de vida devido à reforma da previdência.

Desse modo, o plano que os especialistas sugerem é de iniciar, antecipadamente, uma carteira de investimentos diversificada e ao mesmo tempo resistente aos ciclos econômicos, contando os investimento em renda fixa e aplicações previdenciárias.

Além disso, é importante salientar que mesmo com uma renda baixa, a consistência nas aplicações e o rendimento acumulado, pensando no longo prazo, em anos e décadas, poderão, em tese, garantir uma renda “justa”, uma vez que somente o cálculo previdenciário com um teto estipulado pode acabar reduzindo o padrão de vida de muitas pessoas.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS