Conecte-se conosco

Concursos e Processos Seletivos

Concurso IBGE 2021: editais somam 204 mil vagas de níveis fundamental e médio para o Censo

Oportunidades são para os cargos de agente censitário municipal (ACM), agente censitário supervisor (ACS) e recenseador. Ganhos podem chegar a R$ 2.558.

Publicado

em

IBGE

Nesta quinta-feira, 18, foram publicados no Diário Oficial da União os editais para o processo seletivo IBGE 2021, que irá selecionar profissionais para o Censo Demográfico que será realizado neste ano. A oferta é de 204.307 vagas temporárias para os cargos de agente censitário municipal (ACM), agente censitário supervisor (ACS) e recenseador.

Destas, 181.898 vagas são para o cargo de recenseador, que exige nível fundamental. O contrato de trabalho tem duração de até três meses. A carga horária será de 25 horas semanais, e a remuneração varia de acordo com a região do país.

Já as vagas para agente são destinadas a candidatos de nível médio e estão distribuídas da seguinte forma:

  • Agente censitário municipal – 5.450 vagas;
  • Agente censitário supervisor – 16.959 vagas.

Os salários serão de R$ 2.558 e R$ 2.158, respectivamente, com o valor do auxílio-alimentação já incluído (R$ 458). A jornada de trabalho será de 40 horas semanais (8 horas por dia), e o contrato terá duração de até cinco meses.

As inscrições para agentes censitários serão abertas às 10h desta sexta-feira, 19, e seguem até 15 de março. Já para recenseador, as inscrições poderão ser efetuadas entre 23 de fevereiro e 19 de março. O cadastro deve ser realizado no site do Cebraspe, banca organizadora da seleção. As taxas de inscrição serão de R$ 39,49 para agentes e de R$ 25,77 para recenseador.

Vale destacar que, no ano passado, o certame foi suspenso devido à pandemia, e os candidatos já inscritos receberam de volta o valor da taxa de inscrição. Sendo assim, quem ainda pretende participar do concurso deverá se inscrever novamente.

Publicidade
Comentários

Concursos e Processos Seletivos

Ministério da Economia abre edital com 590 vagas de níveis médio e superior

Contratos de trabalho poderão ter até 5 anos de duração, com salários que variam entre R$ 1.700 e R$ 6.130.

Publicado

em

Ministério da Economia

O Ministério da Economia publicou na última segunda-feira, 8, o edital para seu novo concurso. Ao todo, a oferta é de 590 vagas temporárias de níveis médio/técnico e superior, sendo 100 vagas imediatas e 490 para a formação de cadastro reserva. Confira a distribuição das vagas a seguir:

Nível médio/técnico:

  • Agente de apoio de prestação de contas – 8 vagas imediatas + 52 vagas CR

Nível superior:

  • Analista de prestação de contas – 48 vagas imediatas + 202 vagas CR
  • Analista de instauração de tomada de contas especial – 40 vagas imediatas + 200 vagas CR
  • Coordenador de análise de prestação de contas – 4 vagas imediatas + 36 vagas CR

Para o cargo de Agente de apoio de prestação de contas, é necessário ter nível médio/técnico em Administração, Contabilidade ou Informática, e a remuneração será de R$ 1.700. Já para os cargos de analista, os candidatos devem ter graduação em qualquer área, sendo que os ganhos serão de R$ 3.800.

Para coordenador de análise de prestação de contas, é preciso ter nível superior em Administração, Economia, Contabilidade ou Direito, além de experiência profissional superior a três anos ou título de pós-graduação latu sensu, mestrado ou doutorado. Neste caso, o salário é de R$ 6.130.

Os candidatos selecionados farão parte do quadro do Ministério da Economia e serão lotados em Brasília (DF). Os contratos de trabalho terão duração de um ano, podendo ser prorrogados e chegar a cinco anos.

Inscrições concurso Ministério da Economia

Os interessados em participar do certame poderão se inscrever até 14 de março, pelo site do Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib), banca organizadora do concurso. Na página, também é possível fazer o download do edital.

Será cobrada uma taxa de inscrição no valor de R$ 36 para nível médio e de R$ 38 para os cargos de nível superior. Vale destacar que inscritos no CadÚnico e doadores de medula óssea podem solicitar a isenção da taxa de inscrição até o dia 10 de fevereiro.

Etapas do concurso

Os candidatos do concurso Ministério da Economia serão avaliados por meio de provas objetivas e de títulos. A prova objetiva será aplicada no dia 11 de abril, e será constituída por 60 questões de Conhecimentos Gerais (Língua Portuguesa, Ética na Administração Pública e Legislação e Informática Básica) e Específicos.

Já a prova de títulos vale dez pontos, e os documentos poderão ser entregues entre os dias 10 e 13 de maio. O resultado final será divulgado em 7 de junho. O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Continue lendo

Concursos e Processos Seletivos

Concurso PM e Bombeiros PR: sai edital com 70 vagas para cadetes

Após conclusão de estágio probatório, candidatos farão jus a ganhos acima de R$ 9.735,33. Inscrições abrem em 3 de novembro.

Publicado

em

PM PR

Foi liberado o edital de novo concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros do Paraná. Publicado pela instituição responsável pelo processo, Universidade Federal do Paraná (UFPR), o documento conta com 70 vagas para cadetes. Sendo que, 60 oportunidades são para a PM PR e 10 oportunidades para os Bombeiros PR.

O concurso PM PR e Bombeiros PR contará com várias etapas de seleção, incluindo provas objetivas e discursivas, e provas de habilidades específicas (PHE). As PHE abrangem as fases de investigação social, avaliação psicológica, exame de capacidade física e exame de sanidade física. 

Com duração de cerca de três anos, os cadetes do Curso de Formação de Oficiais (CFO) receberão R$3.277,88 no primeiro ano, R$3.671,24 no segundo ano, e R$4.221,93 no último ano. Na conclusão da formação, o cadete terá subsídio de R$ 7.211,35. Depois do estágio probatório, o segundo tenente possui direito a ganhos acima de R$ 9.735,33.

Inscrições concurso PM PR e Bombeiros PR

Para se candidatar às vagas, os interessados devem possuir formação em ensino médio completo e ter 30 anos de idade, no máximo, até o primeiro dia das inscrições. Abertas no próximo dia 3 de novembro, as inscrições para o concurso PM PR e Bombeiros PR vão até às 12 horas de 18 de dezembro. Será cobrada a taxa de inscrição de R$ 155. 

Os candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), aqueles que prestaram serviço para a Justiça Eleitoral (Lei estadual nº 19.196/2017) e doadores de sangue (Lei estadual nº 19.293/2017) poderão fazer o pedido de isenção. As solicitações devem ser feitas entre 3 e 13 de novembro, no primeiro caso, e entre 3 e 20 de novembro, nas outras situações, todas pelo site da UFPR.

Veja mais informações no Edital de concurso PM PR e Bombeiros PR 2020

Continue lendo

Concursos e Processos Seletivos

Concurso Bombeiros MG oferece 40 vagas para oficiais

Com salário inicial de mais de R$ 6,5 mil, oportunidades no concurso CBM-MG são para níveis médio e superior.

Publicado

em

Concurso Bombeiros MG

Foram divulgados os editais do novo concurso para o Corpo de Bombeiro de Minas Gerais (CBM-MG), com cargos de níveis médio e superior. As inscrições devem ser feitas entre os dias 22 de novembro a 21 de dezembro, pelo site da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep). Serão cobradas as taxas de R$ 180,16 e R$ 200,56 e os selecionados farão jus a remunerações que variam de R$ 6.519,44 a R$ 10.028,33. 

São oferecidas 40 vagas para os cargos de oficial e oficial de Saúde. Dessas, 30 oportunidades são para o Quadro de Oficiais Bombeiro Militar (QO-BM), sendo que 27 contemplam o sexo masculino e três o sexo feminino. Já as outras dez abrangem o Quadro de Oficiais de Saúde (QOS-BM), de ambos os sexos.

Para disputar o cargo de oficial é preciso ter idade entre 18 e 30 anos, ensino médio completo e altura mínima de 1,60 m. No caso dos oficiais de saúde, as exigências são curso superior na área pretendida e ter até 35 anos de idade. 

Podem se candidatar ao quadro de oficiais de saúde do concurso Bombeiros MG, profissionais com especialidades em Clínica Médica (4), Cirurgia de Tórax (1), Fisioterapia (1), Medicina de Emergência (1), Otorrinolaringologia (1), Pneumologia (1) e Psiquiatria (1). 

Os inscritos serão avaliados por meio de diversas etapas de seleção, que incluem: provas objetivas, discursivas e redação; exames médico preliminares e teste psicológico; teste de capacitação física e habilidades natatórias; exame toxicológico; e curso de formação. A primeira etapa está prevista para o dia 10 de janeiro de 2021.

Veja mais informações: Edital concurso Bombeiros MG 2020 – Oficial e Edital concurso Bombeiros MG 2020 – Oficial de Saúde

Continue lendo

MAIS ACESSADAS