Conecte-se conosco

Agronegócio

Congresso da Abag discute temas relevantes

o 21º Congresso Brasileiro do Agronegócio debateu algumas questões pertinentes para a sociedade de modo geral. Confira!

Publicado

em

SLC Agrícola e Terra Santa Agro confirmam combinação de negócios

No dia primeiro de agosto de 2022, o presidente da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), Luiz Carlos Corrêa Carvalho, fez a abertura do 21º Congresso Brasileiro do Agronegócio. Desse modo, vale enfatizar que esse evento foi promovido pela entidade em parceria com a B3, a bolsa de valores. O tema escolhido para o evento foi “Integrar para fortalecer” nos dias de debates. “O mundo vive um momento complicado e isso requer do Brasil uma reflexão profunda”, diz Caio Carvalho, como é chamado no setor.

Por conseguinte, é importante deixar claro que esse evento serve como uma espécie de fórum político da entidade em questão, que acabou recebendo um público representativo, como Joaquim Leite, ministro do Meio Ambiente; Marcos Montes, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Rodrigo Garcia, governador do Estado de São Paulo. e Francisco Matturro, o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado; bem como João Martins, o presidente da COnfederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Além disso, é fundamental destacar que entre vários temas que foram abordados nas discussões, temas como o meio ambiente, a conectividade, ocrédito de carbono e a política internacional se sobressaíram em relação aos demais.

De acordo com Joaquin Leite, o ministro do Meio Ambiente, a economia circular precisa começar a fazer parte integral da sociedade. “Precisamos de uma economia lucrativa para o mundo”, disse o ministro. Ainda em concordância com o ministro, os créditos de carbono são o caminho para isso efetivamente ocorrer. “Metano zero, queremos o crédito de metano. A produção de cultivares pode absorver 40% dos gases de efeito estufa”, diz.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS