Conecte-se conosco

Commodities

Contratos do minério renova máximas com exportação australiana em mínima de 2 meses

Contrato de referência na bolsa de Dalian com entrega para janeiro saltou até 3,6%, para 886 iuanes (134,77 dólares) a tonelada.

Publicado

em

Os contratos futuros do minério de ferro de Dalian e Cingapura renovaram suas máximas nesta quinta-feira, ajudados por temores com o fornecimento da matéria-prima australiana para siderurgia e perspectivas mais positivas sobre a demanda, na esteira da alta nos preços do aço na China.

O contrato de referência na bolsa de Dalian com entrega para janeiro saltou até 3,6%, para 886 iuanes (134,77 dólares) a tonelada, ampliando os ganhos pela quarta sessão seguida. No fechamento, a commodity encerrou com avanço de 2,5%.

A demanda de minério de ferro da China, o maior produtor mundial de aço, tem sido resiliente é dá “sinais de que o aumento nas exportações da Austrália está perdendo força” impulsionaram o mercado, afirmou o estrategista sênior de commodities Daniel Hynes, da ANZ.

As exportações semanais de minério de ferro da Austrália para a China recuaram para 12 milhões de toneladas na semana passada, o nível mais baixo em mais de dois meses, segundo dados dos portos disponíveis no Refinitiv Eikon.

Continue lendo
Publicidade
Comentários