Conecte-se conosco

Política

Deputada do PSL anuncia Comissão para PEC do voto impresso

Segundo ela, a comissão deve ser criada já na próxima semana

Publicado

em

Pesquisa traça cenário com Lula como candidato já em 2022

A deputada federal e presidente da Comissão de Constituição e Justiça Bia Kicis (PSL/DF) anunciou a criação de uma comissão especial que vai debater a PEC de sua autoria sobre a impressão dos votos nas eleições.

Segundo a parlamentar bolsonarista, a comissão deve ser criada já na próxima semana.

O projeto de Bia foi aprovado na CCJ em dezembro de 2019, mas foi engavetada pelo ex-presidente da casa, Rodrigo Maia (DEM/RJ), desafeto de Jair Bolsonaro.

Com Arthur Lira na presidência, o cenário é positivo para os bolsonaristas. Segundo Bia, há um acordo entre Lira e ela para que o tema seja colocado em votação.

Deputada do PSL anuncia Comissão para PEC do voto impresso

Voto Impresso

O projeto acrescenta na votação e apuração de eleições, plebiscitos e referendos a obrigatoriedade da expedição de cédulas físicas, conferíveis pelo eleitor. Segundo a proposta, o papel seria depositado em urnas para fins de auditoria.

Até hoje não foi comprovada nenhuma fraude envolvendo a urna eletrônica. A proposta de Bia, defendida pela base bolsonarista, é duramente criticdaa por especialistas da área e pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Luis Roberto Barroso.

Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro e muitos do seu governo tem elencado a fragilidade das urnas eletrônicas e a possibilidade iminente de fraude. Por conta disso, o chefe do Executivo também tem sido um entusiasta do voto impresso.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.