Conecte-se conosco

Mercados e Cotações

Em menos de 24 horas, novo touro de ouro da B3 é alvo de vandalismo

Ação faz parte de um protesto movido pelo coletivo Juventude Fogo no Pavio, que faz críticas à situação do país sob comando do atual governo.

Publicado

em

A B3 instalou no centro de São Paulo seu famoso “touro dourado”. No entanto, em menos de 24 horas após sua inauguração oficial, o monumento amanheceu com adesivos de protesto com a palavra “FOME” em  letras garrafais colados na lateral da estátua. A ação faz parte de um movimento movido pelo coletivo Juventude Fogo no Pavio.

Leia mais: B3 reporta lucro recorrente de R$1,291 bi no 3º tri, alta de 13%

Desde que foi inaugurada, a estátua logo foi comparada com o conhecido Charging Bull de Nova York. No entanto, na internet, a obra virou meme, ganhando apelidos como “Vaca Louca do Anhangabaú” e “Touro da Cracolândia”.

Como forma de protesto, o coletivo Fogo no Pavio divulgou em suas redes sociais que o touro da B3 representa “a marca do Brasil de Bolsonaro“. Para o grupo, não há motivos para comemorar, sobretudo diante do aumento da fome e do desemprego no país sob comando do atual governo.

“O que para eles simboliza a força do mercado financeiro, para nós é um símbolo da fome, da miséria e da superexploração do trabalho. Mas, também é um lembrete de que continuaremos na luta por uma vida com dignidade. E é por isso que hoje fizemos essa ação simbólica de protesto”, esclareceu o coletivo em nota.

Protestos contra a fome

No mês de setembro, o saguão da Bolsa de Valores já havia sido ocupado durante um proposto que pedia o fim do desemprego e da inflação. Na ocasião, cartazes com os dizeres “sua ação financia nossa miséria”, “Brasil tem 42 novos bilionários enquanto 19 milhões passam fome”, “tem gente ficando rica com a nossa fome”, podiam ser vistos durante as manifestações.

O touro dourado foi financiado pela B3 em conjunto com o economista e educador financeiro, Pablo Spyer, que também foi o idealizador da obra. O arquiteto e autor da obra é o artista plástico Rafael Brancatelli. Não foram divulgados detalhes sobre o valor de produção da estátua, que pesa cerca de uma tonelada e conta com cinco metros de comprimento.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS