Conecte-se conosco

Finanças

Empréstimos devem ser declarados no Imposto de Renda

Caso você ainda não tenha ciência, fique sabendo que os empréstimos e financiamentos precisam estar presentes na sua declaração do IR. Saiba mais!

Publicado

em

Caso você ainda não tenha ciência, fique sabendo que os empréstimos e financiamentos precisam estar presentes na sua declaração do IR, caso ultrapasse a quantia de R$ 5 mil.

Veja também: Dúvidas e questionamentos sobre o Imposto de Renda 2022

Cláudio Lasso, assessor contábil e CEO da Sapri Consultoria, explica que as dívidas contraídas através de empréstimos que sejam maiores que R$ 5 mil deverão ser declaradas no IR.

“Se o empréstimo for maior que R$ 5 mil, você precisa declarar a dívida no Imposto de Renda. O empréstimo bancário deve ser declarado na ficha Dívidas e Ônus Reais”, explica Lasso.

Cláudio diz ainda que as pessoas que fizeram, pelo menos, uma única compra ou venda de ações durante o ano, necessitam declarar. “Se você terminou o ano com ações que comprou faz tempo, também precisa declarar. as informações da compra e da venda devem ser lançadas na ficha Bens e Direitos”, completa.

O assessor fala ainda sobre a relevância do contribuinte realizar a sua declaração, e que é muito importante para quem pretende efetuar algum financiamento imobiliário, enviar a declaração do imposto de renda, e muitos não são aprovados devido a falta de declaração ou informação na obrigação.

Quem mais precisa declarar o IR?

O prazo para declaração do Imposto de Renda está passando e é importante que aqueles que ainda não o fizeram, se apressem. Veja quais os motivos que fazem você ter que declarar:

  • Caso no último ano seus rendimentos tributáveis foram maiores que R$ 28.559,70, ou seja, se você é trabalhador ou aposentado que mensalmente teve como salário valor igual ou maior a R$ 1.903,98;
  • Caso durante o último ano a renda anual foi de R$ 300 mil;
  • Caso recebeu valores referentes a bens, pensões, indenizações, bolsas de valores ou similares;
  • Caso realizou venda ou compra de imóveis;
  • Caso os rendimentos isentos foram além de R$40 mil;
  • Caso realizou algum tipo de atividade rural e tiveram anualmente uma renda além de R$ 142 mil.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS