Conecte-se conosco

Finanças

Está desempregado involuntariamente? Veja a quais benefícios recorrer!

O Brasil está passando por uma crise histórica. Caso você esteja desempregado, confira aqui os benefícios que você pode tentar!

Publicado

em

O Brasil está passando por uma das maiores crises econômicas de toda a trajetória da nação. De fato, a crise no Brasil ampliou-se devido a forma de como o Governo Federal lidou com as questões econômicas durante os dois anos de isolamento referente a pandemia da Covid-19 e, mais recentemente, outro fator entrou para esse aglomerado: o conflito no leste europeu entre a Rússia e a Ucrânia.

Veja também: Tokens podem ser usados contra a inflação; entenda!

Nesse sentido, o cenário atual do Brasil está contribuindo diretamente para o fechamento de diversas empresas, fazendo com que, consequentemente, o desemprego só aumente, chegando quase na casa dos 11%.

Em vista disso, devido a esse cenário caótico de incertezas, muitas pessoas encontram-se desempregadas e passam a depender somente de auxílios do governo.

Nessa perspectiva, como a inflação está extremamente alta, na casa dos 12%, o preço dos combustíveis e dos alimentos acabaram tornando-se ainda mais caros, diminuindo drasticamente o poder de compra da população, agravando ainda mais a crise. Não obstante, muitas pessoas passaram a depender, por exemplo, do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Caso você faça parte desse grupo que necessita de algum auxílio, você pode mudar o saque do seu FGTS de saque-rescisão para saque-aniversário, podendo contar com esse valor em tempos como esse. Além disso, também existe a chance de receber o Auxílio-doença do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Geralmente, esse auxílio é temporário, no entanto, agora, devido a esse momento atípico que assombra a população, o trabalhador que puder comprovar que está desempregado involuntariamente poderá receber esse auxílio por até 36 meses pelo INSS.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS