Conecte-se conosco

Carreira

Estudante impedida pela Justiça de cursar faculdade após fazer ‘homeschooling’ recebe sugestões de emprego

Depois da repercussão, outros estudantes que também fazem “homeschooling” entraram em contato com a adolescente para conversar sobre a situação.

Publicado

em

A estudante de Sorocaba (SP) que foi proibida pela Justiça de cursar uma faculdade após fazer “homeschooling” (Ensino doméstico ou domiciliar) recebeu várias propostas de emprego depois da decisão. Elisa de Oliveira Flemer, de 17 anos, foi aprovada na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) e estuda em casa desde 2018.

Elisa contou em entrevista ao G1, que ficou surpresa com a repercussão que o assunto gerou nas redes sociais. Segundo ela, muitas pessoas entraram em contato, tanto empresários que ofereceram emprego para ela, quanto estudantes que queriam saber mais sobre o “homeschooling”, um assunto polêmico entre especialistas em educação.

“Várias pessoas me mandaram mensagem dizendo que estavam com as portas abertas. Eu fiquei extremamente lisonjeada e muito feliz com isso, porque realmente não era o intuito. Achei que só era para tentar trazer o conhecimento para o caso na região, mas cresceu e eu nem vi acontecendo.”

Depois da repercussão, outros estudantes que também fazem “homeschooling” entraram em contato com a adolescente para conversar sobre a situação.

“São muitas famílias que adotaram o ‘homeschooling’, mas elas têm que ficar escondidas por causa da lei. Falei com a minha mãe que começou a surgir ‘homeschooling’ de todos os lugares (risos). Para mim, pelo menos, era muito difícil encontrar ‘homeschooling’. Quando eu comecei, eu me perguntava se eu deveria falar para os amigos, eu tinha medo”, explica.

A estudante disse que pretende fazer vídeos na internet para explicar sobre o assunto a outros jovens. Para ela, falar sobre a conscientização do método e debater as falhas na educação é algo fundamental.

“Tudo o que eu quero é tratar da educação, das falhas, de recompensar o mérito. Acho que isso acaba transformando a sociedade em algo menos aristocrático”, finalizou.

Em 2018, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que o “homeschooling” não é inconstitucional, mas que deve haver uma norma para seguir o ensino em casa.

Leia também:Novo Bolsa Família: Programa social pode ter auxílio-creche de R$ 200 e prêmio de R$ 1 mil para estudantes 

Publicidade
Comentários

Carreira

Sebrae oferta mais de 200 cursos online, gratuitos e com certificado

O Sebrae tem cursos em diferentes áreas para quem busca capacitação de forma online e gratuita. Além disso, oferece certificados.

Publicado

em

Cursos sebrae

Mais de 200 cursos gratuitos e com certificado são oferecidos de forma online pelo Sebrae. Os cursos são de capacitação e podem ser concluídos em até 60 dias.

Leia mais: FGTS: É possível fazer o saque em lotéricas?

Os cursos têm vagas disponíveis para todas as regiões brasileiras. Os cursos são nas áreas de empreendedorismo, atendimento ao cliente, marketing, tecnologia e tantos outros que procuram incentivar a capacitação.

De acordo com o Sebrae, a carga horária varia de um curso para outro. Tudo vai depender da escolha dos alunos. Além disso, quase todos os cursos contam com um certificado digital que confirma a capacitação.

Como se inscrever nos cursos do Sebrae

As inscrições são feitas direto no site do Sebrae. Dessa forma, por meio da plataforma os alunos aproveitam para conhecer todas as informações do curso, como duração, módulos e todos os detalhes importantes.

Entre os cursos online e gratuitos estão:

  • Gestão empresarial;
  • Gestão financeira;
  • Marketing digital para o empreendedor;
  • Iniciando um pequeno grande negócio;
  • Liderança: como desenvolver times de alta performance; e outros.

Primeiramente é preciso escolher o curso. Depois, é só seguir as instruções por meio da aba “inscreva-se”. É só seguir o passo a passo e fornecer informações básicas.

De acordo com o Sebrae, os cursos oferecidos se propõem a dar a oportunidade de os alunos aprenderem quando e onde quiserem. Dessa forma, o Sebrae tem atuação em todo o Brasil.

Para quem está em dúvida de qual curso escolher, o site do Sebrae apresenta os cursos mais comuns e procurados pela maioria dos estudantes.

É possível escolher também com base no seu momento atual, por exemplo, se você já tem ou quer abrir um negócio existem cursos para te orientar. Além disso, o Sebrae também oferece cursos direcionados para quem já é professor e está em busca de mais conhecimento.

Continue lendo

Carreira

Câmara aprova relatório de projeto da reforma administrativa

Para passar pelo Plenário, matéria precisará de 308 votos, em dois turnos

Publicado

em

Crédito: Agência Câmara

Resultado de muita negociação e impasses, o texto-base do relatório da reforma administrativa, de autoria do deputado Arthur Maia (DEM-BA) foi aprovado, nesta quinta (23) pela comissão especial da Câmara dos Deputados, por 28 votos a 18.

Parceria privada – Entre as novidades, o relatório contém a possibilidade de celebração de parceria privada para execução de serviços públicos, além de aposentadoria integral para policiais e extensão para dez anos do prazo para contratações temporárias.

‘Carta branca’ – Agora, o período é de votação dos 21 destaques ao texto aprovado, depois do qual a PEC vai ao Plenário, cuja aprovação precisa contar com 308 votos, em dois turnos, para então ser encaminhada ao Senado. De acordo com a proposta de emenda constitucional encaminhada pelo Executivo ao Congresso, no ano passado, seria alterada a política de recursos humanos do governo federal, que teria ‘carta branca’ para contratar, promover ou demitir funcionários públicos.

Oposição resiste – Outra modificação relevante do projeto é aquela que permite o corte de jornada e salários de servidores em até 25%, como alternativa ao desligamento de servidores efetivos, ‘em caso de agravamento do cenário fiscal’. Tal proposta enfrentou grande resistência da oposição, que tentou barrar a votação do projeto, ao longo dessa semana, culminando com a decisão do relator, de retomar pontos de versões anteriores, que tratam de parcerias entre governos e a iniciativa privada, tendo em vista a execução de serviços públicos.

Processo administrativo – Outro ponto controverso diz respeito à previsão de que o servidor com ‘desempenho insatisfatório’ será avaliado por um colegiado. Em caso de duas avaliações insatisfatórias consecutivas ou três intercaladas, é aberto processo administrativo.

Principais pontos da reforma:

  • Permissão para União, Estados e municípios realizarem contratos temporários pelo prazo limite de 10 anos;
  • Retomada de aposentadoria integral para policiais;
  • Possibilidade de pareceria privada para execução de serviços públicos por Estados e municípios;
  • Possibilidade de redução de 25% de jornada e salário de servidores em caso de crise econômica;
  • Corte de “penduricalhos” para servidores da administração pública direta e indireta, ocupantes de cargos eletivos, membros dos Tribunais de Contas, do Ministério Público e da Defensoria Pública.

Continue lendo

Carreira

Carrefour abre 7,5 mil vagas em cursos de tecnologia; destaques podem ser contratados

As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas até o dia 03 de setembro

Publicado

em

O Carrefour acaba de anunciar um programa de mais de 7,5 mil bolsas de estudo para a formação de novos talentos para a área de tecnologia. Os participantes aprenderão sobre desenvolvimento mobile com foco na plataforma Android e linguagem de programação Kotlin.

Leia mais: Governo pode zerar PIS-Cofins do diesel em 2022, confirma Bolsonaro

As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas até o dia 03 de setembro. O programa é uma iniciativa da rede varejista em parceria com a Digital Innovation One, ecossistema de educação em tecnologia da América Latina, e está alinhado à estratégia de acelerar a transformação digital do Carrefour ao formar, absorver e reter talentos especializados em tecnologia.

Quem participar da iniciativa terá acesso a um total de vinte e um que abordarão fundamentos de programação; do básico ao avançado para aplicações em Kotlin; o ambiente Android Studio e principais ferramentas, além de navegabilidade, arquitetura e boas práticas em Kotlin com Clean Architecture e MVVM.

Mobile: mercado em crescimento

O mercado para desenvolvimento mobile cresce exponencialmente em todo o mundo. De acordo com o site da plataforma Android, existem 2,5 bilhões de dispositivos com o sistema operacional ao redor do planeta.

Com a alta demanda mundial por aplicações mobile, o bootcamp Carrefour Android Developer é uma oportunidade para capacitação de profissionais, sobretudo para devs que estão iniciando na área ou em busca de transformação de carreira.

O programa é 100% gratuito e oferece uma imersão em Kotlin e Android com 100h de experiências educacionais.

Outro diferencial do programa serão as mentorias com especialistas do Carrefour completam a grade educacional do bootcamp, com sessões ao vivo e exclusivas para os inscritos no programa. Os encontros permitem que os desenvolvedores aprendam ainda mais por meio de cases reais compartilhados por especialistas da própria empresa.

Possibilidade de contratação 

Os participantes, ao final do encontro, avaliados com melhor desempenho serão convidados a entrevistas que poderão lhe garantir a oportunidade de serem contratados para o time de tecnologia do Carrefour.

Continue lendo

MAIS ACESSADAS