Conecte-se conosco

Fundos Imobiliários - FII's

FIIS: IFIX fecha setembro com desempenho positivo de 0,3%

FIIS: IFIX fecha setembro com desempenho positivo de 0,3%

Publicado

em

Em Setembro, o IFIX, índice de fundos de investimentos imobiliários (FIIS), apresentou desempenho positivo, subindo 0,3% no mês e retomando a recuperação vista desde meados de março, após o sell-off desencadeado pela explosão da pandemia.

O levantamento é da Guide Research, cuja carteira apresentou desempenho de 2 p.p. superior ao índice, registrando alta de 2,3%, influenciada, principalmente, pelo segmento de recebíveis imobiliários.

“Alguns fatores favoreceram o desempenho positivo tanto da carteira quanto do índice, como a retomada mais forte de atividades presenciais das empresas beneficiando o segmento de lajes corporativas e alívio de restrições com maior tempo permitido de funcionamento dos lojistas para o segmento de shoppings”, registraram os analistas no relatório.

E acrescentaram: “as projeções do FOCUS para inflação continuaram apontando tendências de alta, o que levou fundos de recebíveis imobiliários expostos a indexadores de inflação apresentarem desempenho acima de seus pares mais focados em CDI.”

Por conta disso, a Guide diz acreditar que o fluxo de notícias, no mês de agosto, contribuiu para o alívio parcial das principais ressalvas dos investidores sobre os impactos da pandemia no setor imobiliário, ao mesmo passo que os fundamentos do setor continuaram sustentando sua atratividade.

oferta de ações

FIIS: números do Setor

De acordo com os últimos dados da B3, no mês de Agosto de 2020, o mercado de Fundos Imobiliários atingiu um volume negociado de R$ 4,0 bilhões, representando um crescimento de 33% na comparação com o mesmo período de 2019.

O Patrimônio Líquido continuou crescendo, totalizando R$ 107 bilhões, enquanto o setor continuou a provar sua atratividade frente ao cenário de juros baixos, batendo a antológica marca de mais de 1 milhão de investidores, o que representa um aumento de 57% comparado a dezembro de 2019.

Continue lendo
Publicidade
Comentários