Conecte-se conosco

Empresas

Focus engaja bancos para coordenar oferta de ações, dizem fontes

Comercializadora de energia deve realizar o IPO ainda em 2020, segundo fontes.

Publicado

em

A comercializadora de eletricidade Focus Energia engajou instituições financeiras para coordenar uma oferta inicial de ações (IPO), segundo um documento à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e duas fontes ligadas ao tema.

Segundo uma das fontes, o plano é realizar o IPO ainda em 2020, visando levantar recursos para que financiamento da construção de um grande empreendimento de geração solar cuja produção futura seria vendida no mercado livre de energia.

Ainda não está claro quanto a Focus pretende levantar com a oferta de ações. Morgan Stanley, Citibank e Santander Brasil serão os coordenadores da operação, disse a fonte.

No início do mês, a Reuters afirmou que a Focus vinha sendo sondada por bancos de investimento para avaliar uma eventual oferta de ações.

Outra fonte atômica confirmou que a operação aprovada em reunião de acionistas da empresa realizada na semana passada.

Na ocasião, os acionistas aprovaram a entrada da empresa ao Novo Mercado da B3 por meio de uma oferta pública primária e secundária, “sob coordenação do Morgan Stanley e com participação de determinadas instituições consorciadas”, mostrou a ata da assembleia, publicada na quinta-feira.

Não há referência sobre os valores envolvidos na oferta, mas sabe-se que o montante será destinado conforme regulação do conselho de administração da Focus.

A Focus solicitou registro de companhia aberta tipo A, com permissão para emissão de ações, de acordo com o documento.

O possível IPO da Focus vem pouco depois da desistência de operações de abertura de capital pela Compass, da Cosan, e pela 2W Energia, por causa de condições adversas de mercado. O movimento também ocorre em meio a um aumento nos negócios no mercado livre de eletricidade.

A Focus Energia não quis comentar o assunto.

Continue lendo
Publicidade
Comentários