Conecte-se conosco

Ações, Units e ETF's

Ibovespa fecha em alta de 0,17%, aos 126.146,66 pontos

O dólar encerrou em alta de 0,41%, a R$ 5,2130.

Publicado

em

Bolsa de valores B3

O Ibovespa fechou o pregão desta quinta-feira (22) em alta de 0,17%, aos 126.146,66 pontos. A bolsa brasileira oscilou por conta da elevação dos pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos (EUA), mas conseguiu se recuperar e encerrar bem.

Para se ter ideia, os índices americanos abriram mistos, sentindo a alta de pedidos de auxílio-desemprego (a 419 mil) que adiciona preocupação com a recuperação econômica em cenário de disseminação da cepa Delta.

Já o dólar subiu na esteira do ruído político acerca das declarações do ministro da Defesa, Braga Netto, ameaçando a realização das eleições em 2022 se o Congresso não aprovar o voto impresso. Também por conta da indicação do senador Ciro Nogueira para ocupar a Casa Civil.

Na gringa, o dólar ganhou espaço sobre o euro, após a decisão de política monetária “dovish” do BCE.

O dólar encerrou a sessão em alta de 0,41%, a R$ 5,2130, depois de oscilar entre R$ 5,1694 e R$ 5,2242.

O Dow Jones, por sua vez, fechou em alta de 0,07% (34.823,15); S&P, +0,20% (4.367,54), Nasdaq, +0,36% (14.684,60).

Ibovespa: ações do dia

As 3 maiores altas do Ibovespa de hoje:
📈#LWSA3 +5,49% (R$ 27,85)
📈#MRFG3 +3,34% (R$ 20,13)
📈#CSAN3 +3,19% (R$ 27,20)

As 3 maiores baixas do Ibovespa de hoje:
📉#BIDI11 -2,49% (R$ 82,79)
📉#PCAR3 -1,95% (R$ 35,16)
📉#IRBR3 -1,50% (R$ 5,91)

Os dados foram copilados pela Eleven Financial.

Coronavírus

Levantamento do consórcio de imprensa destaca que o Brasil registrou 1.388 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando na quarta-feira (21) 545.690 óbitos desde o início da pandemia.

Também disse que a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.170 – o menor registro desde o dia 26 de fevereiro (quando estava em 1.148). Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -19 % e aponta tendência de queda. É o 25º dia seguido de queda nesse comparativo.

Coronavírus no Brasil

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.