Conecte-se conosco

Ações, Units e ETF's

Índices da China quebram sequência de altas com preocupações sobre segurança de vacinas experimentais

Os papéis dos setores de consumo e saúde lideraram as perdas no dia, registrando quedas de 1,81% e 1,83%, respectivamente.

Publicado

em

O mercado acionário da China fechou em baixa nesta quarta-feira (16), interrompendo assim uma sequência de três sessões de altas. Os papéis dos setores de consumo e saúde lideraram as perdas, uma vez que os especialistas estavam preocupados com a segurança dos medicamentos usados em vacinas experimentais contra o coronavírus no país asiático.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, registrou queda de 0,66%, enquanto o índice de Xangai recuou 0,36%

O subíndice do setor financeiro registrou desvalorização de 0,23%, enquanto o setor imobiliário cresceu 1%.

As ações de saúde e consumo tiveram queda, sendo que o setor de produtos básicos de consumo perdeu 1,81% e o subíndice de saúde recuou 1,83%.

A China está realizando testes com vacinas experimentais em dezenas de milhares de seus cidadãos. Com o objetivo de reduzir a probabilidade de uma nova onda de infecções pelo coronavírus, as vacinas também estão chamando a atenção na luta global dos governos para garantir o abastecimento da vacina, potencialmente ajudando a reformular o papel do país diante da pandemia.

Confira outros índices desta quarta-feira:

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,09%, a 23.475 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,03%, a 24.725 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,36%, a 3.283 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,66%, a 4.657 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,31%, a 2.435 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 1,02%, a 12.976 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,78%, a 2.505 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 1,04%, a 5.956 pontos.

Continue lendo
Publicidade
Comentários