Conecte-se conosco

Criptomoedas

Mineração de Bitcoin pode ser banida de Nova York devido a projeto de lei

A lei que banirá a mineração de Bitcoin terá que passar por diversas etapas até ser aprovada, mas isso já gera uma preocupação aos novas-iorquinos. Entenda!

Publicado

em

Uma proposta de lei desenvolvida pelo Comitê de Conservação Ambiental da Assembleia Estadual de Nova York aumentará o prazo para efetuar o pagamento de procedimentos ligados à formalidade utilizada no zelo a investidas cibernéticas.

Porém, até ser decretada oficialmente como lei, haverá de percorrer inúmeras aprovações, iniciando pela concessão dos setores da legislatura estadual, após isso, será requerida a aprovação de Kathy Hochul, intitulada governadora.

Ainda não há completa certeza de que o pedido será concedido por todos os órgãos solicitados, entretanto, um evento intrigante veio a ocorrer. O primeiro voto favorável foi antecipado uma semana a data estabelecida, a fim de que o estado nova-iorquino dispense a usina fornecedora de energia, a mineradora Greenidge Generation Holdings.

Por outro lado, um aumento de 4% foi registrado nas ações da instituição ticker GREE, cadastrada na Nasdaq, perante isso é possível que o mercado financeiro esteja certo de que não ocorrerá impedimento do uso. No entanto, o histórico das ações da GREE está relativamente baixo, sendo um dos menores níveis registrados pela empresa.

Para uma análise satisfatória dos fatos, as chances da proposta avançar, depende dos 11 senadores, dos quais são 8 democratas e 3 republicanos, ou seja, não há impossibilidade de evoluir.

Avante, Bitcoin!

Algo que poderia ser levado em consideração é o apoio do prefeito nova-iorquino, Eric Adams. Segundo informações ele repudia o uso de minerações, no entanto é a favor das criptomoedas e também se designa democrata.

Porém, o maior vilão de todos é a enorme utilização de energia elétrica, logo a preocupação dos senadores está diretamente relacionada ao impacto ambiental, já que a população da cidade conta com 20 milhões de residentes, além da elevação no preço da mesma.

Devido a mineração de Bitcoins, os EUA alcançaram o primeiro lugar no ranking referente ao consumo de eletricidade. Mediante a isso o objetivo dos magistrados é desenvolver meios sustentáveis.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS