Conecte-se conosco

Ações, Units e ETF's

Paranapanema registra lucro líquido de R$150,9 mi no 4º tri

A receita líquida teve alta de 25%, para R$ 1,46 bilhão

Publicado

em

Paranapanema (PMAM3) reporta lucro líquido de R$150,9 mi no 4º tri

A fabricante de produtos de cobre Paranapanema encerrou o quarto trimestre de 2020 com lucro de R$ 150,9 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 229 milhões registrado um ano antes, conforme relatório encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, a receita líquida teve alta de 25%, para R$ 1,46 bilhão, impulsionada pelo aumento do volume de cobre vendido e seus coprodutos.

A empresa reduziu tanto as despesas com vendas, que ficaram 31% menores, quanto as despesas gerais e administrativas, que recuaram 18%, o que também teve efeito positivo na última linha do balanço.

Segundo a Paranapanema, a diminuição das despesas foi feita em conjunto com a revisão e a renegociação dos principais contratos de prestação de serviços e de fornecimento de materiais.

O resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) somou R$ 52,7 milhões. No quarto trimestre de 2019, o indicador era negativo, em R$ 21,3 milhões.

Paranapanema (PMAM3) reporta lucro líquido de R$150,9 mi no 4º tri

Paranapanema

Em fato relevante divulgado dia 27 de dezembro, a companhia informou que chegou a um acordo com o banco Scotiabank Brasil para suspender o pedido de falência aberto contra a empresa no início do mês. A recuperação judicial é reflexo de uma dívida de R$ 174,4 milhões, vencida desde agosto.

O trato entre as instituições prevê o cancelamento dos cinco adiantamentos sobre contratos de câmbio (ACCs), cujos efeitos já estavam suspensos por conta de uma decisão judicial obtida pela companhia, a desistência imediata do pagamento da dívida e o fim do pedido de falência.

“A retomada das negociações, ainda dentro deste ano, foi possível graças ao empenho de nossos conselheiros, acionistas e dos próprios credores. Estamos trabalhando em uma proposta que atenda a todos os credores”, afirma Luiz Aguiar, diretor-presidente da Paranapanema, em comunicado enviado à imprensa.

Veja PMAM3 na Bolsa:

Você pode gostar
Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.