Conecte-se conosco

Economia

Preço do petróleo apresenta queda: Como fica o valor da gasolina?

Dólar permanece estático no Brasil, enquanto o valor do barril de petróleo cai. Consumidores podem esperar uma retração no preço dos combustíveis.

Publicado

em

Gasolina

Uma das perguntas que pairam na cabeça dos motoristas brasileiros é: a gasolina vai ficar mais barata? Aliás, não apenas a gasolina, mas a vontade é a de que todos os combustíveis fiquem mais baratos.

Leia mais: Quais são os carros mais visados para roubo do Brasil?

Há meses os consumidores observam seguidas altas nos preços do etano, da gasolina e do diesel. Um dos motivos para o aumento está no preço do barril do petróleo, que também encareceu.

Variação de preços

Em 2021, o barril de petróleo chegou a ficar 60% mais caro e atingiu US$ 85. Foi a primeira vez que o valor subiu tanto nos últimos oito anos. O dia mais caro do petróleo foi registrado em outubro, no dia 22. Naquela data, o barril chegou a custar R$ 485,03, já na conversão para a moeda brasileira.

Contudo, nos últimos 30 dias, o preço caiu ligeiramente. Assim, no dia 23 de novembro, o barril de petróleo saía por R$ 444,00 a unidade. Porém, ao contrário do que se esperava, o valor dos combustíveis não abaixou.

Tendências

As negociações com foco em preço futuro do insumo também caíram. Nos EUA, o preço do barril previsto para janeiro de 2022 já chega nos US$ 78,89. Nos últimos 30 dias, o valor do dólar no Brasil também se manteve estável, na casa dos R$ 5,88. Ainda assim, nenhuma previsão aponta queda no preço da gasolina e do etanol por aqui.

Especialistas acreditam que o preço do petróleo possa cair ainda mais. Isso se deve a uma nova onda de Covid-18 na Europa, a qual trouxe insegurança para os investidores. Alguns países do continente já decretaram novas políticas de lockdown.

Veja também: IPVA mais caro: Valores devem aumentar a partir de 2022

Somado a isso, há também uma forte pressão por parte dos acionistas para o aumento na produção. Assim, com mais oferta haveria uma descompressão nas cotações, que só cresceram em 2021.

Influência nos combustíveis

Fato é que se o petróleo enfrentar novas quedas, os combustíveis descerão de preço por aqui. A própria Petrobras já afirmou que os dois grandes fatores de inflação estão no preço do barril e na cotação do dólar. Ou seja, é possível esperar uma gasolina mais em conta no Brasil.

Claro, não se deve criar grandes expectativas e achar que o combustível custará o mesmo que há 2 anos. Mas é necessário um alívio nos preços, uma vez que só a gasolina subiu 73% de valor ao longo de 2021.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS