Conecte-se conosco

Investimentos

Saiba quanto rende R$ 1.000 investido em fundos, títulos ou poupança com a taxa Selic a 2%

Por ser a taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic acaba afetando todas as outras taxas de juros do mercado. Confira o rendimento obtido em diversas modalidades de investimentos.

Publicado

em

Méliuz oferece empréstimo em sua plataforma digital com menos burocracia

Desde 2020, a taxa Selic encontra-se em sua mínima histórica de 2% ao ano. Em janeiro de 2021, o Comitê de Política Monetária (Copom) optou por manter essa margem. Por ser a taxa básica de juros da economia brasileira, ela acaba afetando todas as outras taxas de juros do mercado, seja em empréstimos, financiamentos ou mesmo investimentos, tais como poupança, bolsa de valores, fundos e títulos públicos.

Para saber qual dessas modalidades rende mais com a taxa Selic a 2%, o professor Michael Viriato fez os cálculos, utilizando como exemplo um investimento no valor de R$ 1.000.

Segundo o professor, as aplicações mais rentáveis são aquelas feitas no mercado de ações. Considerando o investimento de R$ 1.000 em um fundo de índice como o BOVA11, que reflete a performance do Ibovespa, principal índice da bolsa de valores, esse valor pode chegar a R$ 1.956,44 em cinco anos.

Contudo, é importante ressaltar que não há garantia de rentabilidade no futuro, uma vez que são consideradas apenas as expectativas do mercado. Viriato destaca ainda que, ao investir no mercado acionário, é necessário diversificar a carteira, para que os ativos com resultados positivos possam compensar aqueles que não estão com bom desempenho.

Já a poupança, em um investimento de seis meses, pode ser mais rentável que um fundo DI ou CDB em grandes bancos. Para este cálculo, foram considerados o CDB em instituições grandes, que pagam 90% do CDI, e fundo DI, cuja taxa de administração é de 0,5%. Um ponto positivo da tradicional caderneta de poupança é a isenção de tarifas, visto que não há cobrança de impostos e taxas de administração ou performance.

Confira na tabela comparativa a seguir quanto rende R$ 1.000 em cada tipo de aplicação, considerando apenas expectativas do mercado:

Tabela comparativa - Aplicações

Você pode gostar
Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.