Conecte-se conosco

Economia

Será possível fazer pagamentos parcelados pelo Pix?

Novo sistema de pagamentos instantâneos do BC permitirá transações em qualquer dia da semana e hora do dia, em questão de segundos.

Publicado

em

PIX

O Pix, sistema de pagamentos do Banco Central (BC), promete revolucionar os meios de pagamento do Brasil. O recurso chegará para concorrer com o dinheiro, TEDs e DOCs. Com ele, será possível fazer transações em questões de segundos, durante as 24 horas do dia e em todos os dias da semana, os quais incluem finais de semana e feriados. 

Apesar de ser lançado somente em 16 de novembro, o Pix já traz algumas dúvidas, como se será possível fazer pagamentos parcelados ou não. Em um primeiro momento, não está previsto o parcelamento de compras. 

Porém, as instituições financeiras possibilitarão que os clientes usem linhas de crédito para fazer pagamentos, como é o caso do cartão de crédito, cheque especial e empréstimo. Assim, os consumidores poderão realizar o parcelamento depois da compra, pelo aplicativo da empresa. 

Há uma perspectiva otimista para 2021, com a tendência de pagamentos parcelados. Desse modo, quando o BC incorporar os pagamentos parcelados ao novo sistema, a iniciativa registrará oficialmente o ingresso dos cartões de crédito no mundo dos pagamentos instantâneos.

Além da opção de parcelamento, o governo almeja inserir, no segundo trimestre do ano que vem, uma função que disponibilizará opções de saques em estabelecimentos comerciais credenciados ao Pix.

Continue lendo
Publicidade
Comentários