Conecte-se conosco

Economia

Vale-Gás não cumpre seu objetivo em pelo menos 23 estados

Para se ter direito ao benefício é necessário estar inscrito no CadÚnico para programas sociais do governo. Saiba mais!

Publicado

em

O valor do Vale-Gás, benefício do Governo Federal que voltou a ser pago na última sexta-feira, equivale a menos de metade do preço médio do botijão de gás em alguns 3 dos estados brasileiros, Pernambuco, Bahia e Rio de Janeiro.

Veja também: Veja as cidades participantes do Vale Gás e saiba se você tem direito de receber

Conforme o último relatório da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), na semana que passou, entre os dias 12 e 18 de junho, o valor do Vale-Gás não pagava a metade do valor do botijão em cerca de 23 estados do Brasil, dado como exemplo o estado do Mato Grosso, em que a média do botijão é de R$ 134,86.

Os dados estão mostrando que o objetivo do programa do Vale-Gás, benefício que foi liberado para auxiliar as famílias necessitadas, não está sendo cumprido, pois aproximadamente, a cada dois meses, o valor pago do auxílio deveria estar correspondendo a 50% do valor médio nacional de revenda do botijão de 13kg.

Levando em consideração o valor médio por região do botijão de gás, em nenhuma das regiões o valor do vale cobriria a metade do valor correspondente ao Vale-Gás. Tendo como valor mais alto no Centro Oeste do Brasil, custando R$ 120,09 e o mais baixo no Sudeste, com valor de R$ 110,09.

O benefício foi pago para mais de 5 milhões de famílias em junho deste ano, tendo um investimento de R$ 301,2 milhões.

Para se ter direito ao benefício, é necessário estar inscrito no CadÚnico para programas sociais do governo, com renda familiar mensal menor ou igual a meio salário mínimo nacional, o que equivale a R$ 606,00.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS