Conecte-se conosco

Empresas

Vale: Juiz autoriza Samarco a fazer repasses para a Fundação Renova

Caso Brumadinho

Publicado

em

Crédito: O Globo

O juiz da recuperação judicial (RJ) da mineradora Samarco autorizou a companhia a fazer os repasses para a Fundação Renova. A informação é do Broadcast do Estadão.

A iniciativa do juiz contrariou pedido dos credores que queriam a suspensão das transferências.

Pela decisão, a obrigação da Samarco com a Renova não faz parte das dívidas previstas no processo de recuperação judicial.

Antes, a obrigação vinha sendo cumprida pelos acionistas da Vale e BHP. Agora, deve ser assumida pela Samarco, segundo o juiz.

Porém, o magistrado ressalta que o reconhecimento de que as obrigações com a Renova são da Samarco, e não dos acionistas, é “provisória” e que deverá ser melhor discutida mais à frente.

Vale

Na última semana a administração judicial da Samarco enviou à 2ª Vara Empresarial da Comarca de Belo Horizonte pedido de prorrogação, por mais 180 dias, do prazo de deliberação do processo de recuperação judicial da mineradora.

Vale lembrar que a empresa entrou em recuperação judicial em abril, listando dívidas da ordem de R$ 50 bilhões.

Segundo o Valor Econômico, a administração judicial da Samarco também apoiou o pedido da mineradora para postergar as datas da assembleia geral de credores, previstas para 20 e 27 de outubro. Mas solicitou que a assembleia seja convocada apenas para deliberar sobre a constituição de seu comitê, que é um pedido dos credores.

Brumadinho

As despesas com a tragédia do rompimento da barragem de Brumadinho devem consumir até US$ 3,2 bilhões (R$ 16,9 bilhões, no câmbio atual) do caixa da Vale (VALE3) neste ano.

As projeções são da própria mineradora, que divulgou nesta manhã a estimativa (guidance) para o desembolso de caixa em 2021.

A Vale está listada na bolsa brasileira (B3) sob o ticker VALE3.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Empresas

Facebook reporta lucro superior a 9 bilhões de dólares no último trimestre

A companhia tem mais de dez mil funcionários

Publicado

em

O Facebook reportou lucros superior a 9,19 bilhões de dólares no último trimestre, alta de 17% ante trimestre anterior.

A companhia tem mais de dez mil funcionários espalhados pelo mundo e, após o fechamento do mercado, as ações da empresa subiram cerca de 4%.

A receita ficou abaixo da expectativa de analista, com US$ 29 bilhões registrados, aumento de 35% ante 2020.

Também obteve crescimento estável em relação ao número de usuários, sendo 12% nos últimos três meses em seus aplicativos, um aumento de 6% em relação ao mesmo período do ano passado.

Quanto aos apps, a companhia marcou 3,6 bilhões de usuários mensais — acima da expectativa de 3,5 bilhões — mesmo em meio aos vazamentos slides que mostravam prejuízo aos usuários em detrimento do crescimento das redes.

Facebook Pay: O que é e como se relaciona com o WhatsApp?

Facebook

Ainda de acordo com o balanço, a divisão “Outros” do Facebook, que inclui hardwares como o aparelho de realidade virtual Oculus, atingiu receita de US$ 734 milhões, um aumento de 195%, acima das expectativas de analistas, que eram de US$ 477 milhões.

Já para o próximo trimestre, a companhia espera uma receita entre US$ 31,5 bilhões e US$ 34 bilhões – a expectativa de analistas é de US$ 34,8 bilhões.

Continue lendo

Empresas

JHSF Participações conclui aquisição da Usina São Paulo

A companhia detém, agora, 67% das ações da adquirida

Publicado

em

A JHSF Participações concluiu a aquisição da Usina São Paulo, conforme comunicado encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, a Usina consta como titular do Contrato de Concessão de Direito e Uso da Área a Título Oneroso.

Também disse que após a conclusão da transação, a Companhia detém 67% das ações da Usina, e que a unidade tem localização privilegiada, conectando as duas margens do Rio Pinheiros e tem importantes sinergias com o Shopping Cidade Jardim e demais empreendimentos desenvolvidos pela JHSF na região.

A companhia está na bolsa brasileira (B3) sob o ticker JHSF3.

Veja o documento:

Continue lendo

Empresas

Petrobras: Privatização entra no radar do governo via projeto de lei

A iniciativa já é discutida com a cúpula do Congresso

Publicado

em

A Petrobras poderá ser privatizada. Ao menos é isso o que trata um projeto de lei que está sendo estudado pelo governo federal.

A iniciativa já é discutida com a cúpula do Congresso para, assim, pavimentar uma via que seja boa para ambos.

Inclusive, a possibilidade já é admitida pelo Executivo, entretanto o primeiro Poder diz considerar que a medida é de difícil implementação.

Na prática, o plano consiste em elaborar um PL que permita à União começar a se desfazer das ações da companhia de forma a perder o controle.

Petrobras

De acordo com informações da CNN Brasil, o governo manteria a chamada “golden share”, que o permitiria vetar determinadas operações da petroleira e ainda apontar o presidente da empresa. Hoje, o governo federal tem o controle por meio de 50,5% das ações ordinárias, que são as ações com direito a voto.

Também disse que considerando o capital total da empresa (ações ordinárias e preferenciais), o grupo de controle é composto por ações do governo e do BNDES que juntos detém 36,75% dos papéis.

E acrescentou que a equipe econômica defende que a Petrobras passe para o Novo Mercado, acabando com a diferença entre ações ordinárias e preferenciais. Na avaliação da equipe de Paulo Guedes isso já elevaria o valor dos papéis, valorizando a empresa.

Desta forma, elencou, o governo então começaria a venda de ações pelos papéis que hoje são detidos pelo BNDES e pelo BNDESPAR. O objetivo seria transformar a Petrobras numa “corporation”, com capital pulverizado, como o pretendido para a Eletrobras. Uma diferença é que, no caso da petroleira, somente a União poderia deter mais do que 10% das ações.

PETR4: Ibovespa

Das ações do dia, destaque para Petrobras que recebeu aditivo após rumores de privatização por parte do governo. O ativo PETR4 subiu 6,84% (R$ 29,04) e o PETR3 subiu 6,13% ( R$ 29,61).

Confira as 3 maiores altas do Ibovespa de hoje, segundo a Eleven Financial:

📈#PETR4   +6,84%  (R$ 29,04)

📈#CVCB3   +6,14%  (R$ 18,15)

📈#PETR3    +6,13%  (R$ 29,61)

Confira as 3 maiores baixas do Ibovespa de hoje:

📉#SUZB3   -2,52%  (R$ 51,47)

📉#YDUQ3   -1,32%  (R$ 22,35)

📉#BRFS3    -1,27%  (R$ 21,73)

Continue lendo

MAIS ACESSADAS