Conecte-se conosco

Commodities

Venda de soja do Brasil avança pouco e alcança 56,6% da produção 2020/21, diz Safras

Avanço mensal nas vendas corresponde a pouco mais de 1% da produção projetada.

Publicado

em

A venda da soja 2020/21 do Brasil havia chegado a 56,5% da produção projetada até 4 de dezembro, um acréscimo mensal discreto de pouco mais de 1%, após produtores terem comercializado boa parte de sua produção em meses anteriores estimulado pelo câmbio mais positivo, disse nesta sexta-feira a consultoria Safras & Mercado.

No relatório anterior, com dados de 6 de novembro, o número de vendas era de 55,1%. Em igual período do ano passado, a negociação envolvia 37,8%, e a média para o período é de 34,5%.

Com base em dados de 6 de novembro, o relatório anterior mostrava que o total de vendas era de 55,1%. A negociação alcançava 37,8%, e a média para o período é de 34,5% ante igual período de 2019.

Considerando uma produção estimada em 133,5 milhões de toneladas, o volume de soja já vendido é de 75,4 milhões de toneladas.

Sobre a colheita que começa em janeiro, a Safras destacou que “as negociações pouco evoluíram em novembro, mas seguem bem acima da média”.

A comercialização da safra 2019/20 teve aumento de 98,7% no começo de novembro, para 98,9%.

“As negociações no disponível pouco evoluíram em novembro, mas se encaminham para o final. Os números de Safras indicam que pouco mais de 1,4 milhão de toneladas ainda não foi comercializado”, completou.

Você pode gostar
Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.