Conecte-se conosco

Finanças

3 motivos para NÃO contratar o cartão Ourocard Fácil do Banco do Brasil

Toda e qualquer oferta de crédito conta com prós e contras. Antes de aderir ou solicitar qualquer tipo de serviço, é importante conhecer seu lado menos atrativo.

Publicado

em

A popularização das fintechs – a exemplo, Nubank, PicPay, Banco Inter e C6 Bank – balançou o mercado de crédito nos últimos anos, fazendo com que instituições financeiras maiores, os chamados “bancões”, desenvolvessem produtos tão inovadores quanto àqueles oferecidos pelos bancos digitais, como cartão sem anuidade, gerenciamento de gastos por aplicativo, pagamento por aproximação e mais.

Um deles é o Banco do Brasil (BB), que lançou há alguns meses o cartão Ourocard Fácil. Seguindo os moldes dos bancos digitais, a ferramenta é isenta de anuidade, ou seja, ela é 100% gratuita, possui bandeira internacional para compras no exterior, cartão virtual para transações mais seguras na internet (Ourocard-E), além da desobrigação de ser um correntista para ter o cartão aprovado.

Por tantos benefícios, é de se pensar que a ferramenta não possui pontos negativos. Pelo contrário: toda e qualquer oferta de crédito conta com prós e contras. Antes de aderir ou solicitar qualquer tipo de serviço, é necessário conhecer seu lado menos atrativo, mais precisamente seus pontos fracos.

3 motivos para não contratar o cartão Ourocard Fácil do Banco do Brasil

  1. Ourocard Fácil não disponibiliza programa de recompensas: é comum hoje em dia as empresas oferecerem recompensas para quem utiliza o cartão de crédito regularmente. Por meio de programas de pontos, o usuário pode trocar o valor acumulado por benefícios em lojas parceiras. Apesar de oferecer o Programa Ponto para Você, o BB não autorizou a opção para clientes do cartão Ourocard Fácil.
  2. Limite no Ourocard Fácil é menor do que em cartões concorrentes: alguns serviços de crédito do Banco do Brasil costumam oferecer limite reduzido no início, como no caso do Ourocard Fácil. Assim que o cliente é aprovado, há chances de o poder de compra na ferramenta vir relativamente baixo em comparação a outras opções, como o Credicard Zero, cujo limite inicial é de R$ 1 mil.
  3. Unificação de limite entre cartões Ourocard: quem procura um novo cartão de crédito quer mais limite para realizar suas compras à prazo. No entanto, ao solicitar o Ourocard Fácil, aqueles que já possuem um outro cartão BB terão os limites das duas ferramentas unificados. Ou seja, as despesas de um influenciarão os gastos do outro.

Leia ainda: Banco do Brasil libera crédito de até R$ 21 mil para empreendedores; Veja as condições

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.