Conecte-se conosco

Automobilística

Airbnb de motos? Empresa cria plataforma para aluguel de motocicletas

Proprietário de um uma moto pode alugá-la para outros condutores e fazer um dinheiro extra com o empréstimo. Veja como funciona!

Publicado

em

aluguel de motos

A tendência da economia compartilhada também chegou ao setor das motocicletas. Fundada por empresários apaixonados por duas rodas, a Roncco Moto Share é uma plataforma online voltada para o aluguel de motos entre motociclistas.

Leia mais: Fintech alemã N26 desembarca no Brasil e quer bater de frente com o Nubank

A ideia da empresa é operar como uma espécie de “Airbnb” de motos, em que, ao contrário de deixar a moto pegando poeira na garagem, o proprietário pode alugá-la para outros condutores e fazer um dinheiro extra com o empréstimo.

Etapas de verificação

A princípio, o objetivo da Roncoo Moto Share é criar uma comunidade de motociclistas que colocam suas motos para locação e também passam a alugar outros modelos. Para participar, os usuários precisam passar por um tipo de verificação e realizar o seguro da moto que estará habilitada para locação.

“Somos bastante criteriosos e contamos com a parceria de duas empresas antifraude, para fazer a verificação dos novos membros. Por incrível que pareça, muitos cadastros têm sido reprovados, mais do que imaginávamos”, declara Juliana Aboudm sócia-fundadora da empresa. A empresária, que também é motociclista, é dona de uma Royal Enfield Himalayan, modelo que já está disponível para aluguel na plataforma.

Valor cobrado pela diária

Outro critério exigido pela plataforma é ter uma conta PayPal, que funciona como uma plataforma de pagamentos online. O recurso serve tanto para quem deseja locar, no caso de usuários da plataforma, quanto para quem vai receber os valores das locações, neste caso os proprietários.

Leia mais: Novo auxílio de R$ 271 é aprovado em 4 parcelas; Veja quem recebe

O próprio dono da motocicleta define o preço das diárias, que pode chegar a 1% do valor da moto na tabela FIPE. Um total de 10% do total das diárias é destinado para a Roncco.

Para cobrir quaisquer quedas e acidentes com a moto, o proprietário do bem também determina o valor que servirá como uma pré-autorização no cartão de crédito do usuário que está alugando o modelo.

Buscando ser justa entre as duas partes, tanto na hora de retirar quanto de devolver a moto alugada, a empresa oferece um aplicativo que realiza um vistoria. Neste caso, se a moto não estiver em bom funcionamento, por exemplo, o locador também pode desistir do aluguel.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS