Conecte-se conosco

Automobilística

Após disparada nos preços, carros ‘populares’ ultrapassam R$ 70 mil

Paralisação das produções de veículos diante da pandemia da Covid-19 provocou escassez de mercadoria e consequente alta nos preços.

Publicado

em

O sonho de comprar um veículo zero quilômetro deve ficar para depois. O motivo tem a ver com o aumento nos preços de automóveis saídos direto das fábricas durante a pandemia. Para se ter uma ideia, até mesmo os carros compactos, os famosos hatches, são encontrados com valores acima de R$ 70 mil.

Leia mais: Gol anuncia 250 carros voadores para utilizar no Brasil a partir de 2025

Conforme esclarece a tabela Fipe – utilizada como parâmetro para compra e venda de veículos – os preços praticados hoje em dia, tanto para novos quanto usados, variam de acordo com a região do país, cor do carro, conservação e acessórios embutidos.

O Fiat Mobi, por exemplo, que custava R$ 38 mil em janeiro, está saindo por R$ 44 mil em muitas concessionárias atualmente. A paralisação das produções de veículos diante da pandemia da Covid-19 impactou duramente o setor automotivo, gerando escassez de mercadorias para a venda e a consequente alta nos preços.

5 hatches populares 1.0 que já passam dos R$ 70 mil

1. Fiat Argo Drive (custo médio de R$ 70.513)

2. VW Polo Comfortline (custo médio de R$ 91.720)

3. Renault Sandero GT-Line (custo médio de R$ 72.090)

4. Hyndai HB20 Evolution (custo médio de R$ 81.390)

5. Chevrolet Onix LTZ (custo médio de R$ 77.870)

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Automobilística

Nova Yamaha MT-03 Homem de Ferro chega às lojas

Modelo de moto foi inspirado no personagem da Marvel e ostenta diversos detalhes exclusivos. Confira o valor e a ficha técnica:

Publicado

em

A nova Yamaha MT-03 Homem de Ferro chegou ao mercado brasileiro. O veículo apresenta um visual que vaia gradar todos os amantes de super-heróis e os que gostam de esportividade. O preço sugerido do modelo limitado é de R$ 27.790.

Leia mais: Mudança na cobrança de ICMS sobre combustíveis é aprovada; Valor pode cair em 2022

Não é a primeira vez

Vale destacar que esta não é a primeira vez que a marca lança produtos nessa linha. Ela já produziu a NMAX 160 ABS Star Wars e a Fazer 250 Capitã Marvel e Pantera Negra. Além destas, teve também a Lander 250 Capitão América. Agora a homenagem a Tony Stark chega às concessionárias de todo o país.

Como exposto, não são apenas os fãs da Marvel que vão querer este modelo. A pintura única ficou bastante atrativa e deve chamar atenção de colecionadores. Os motociclistas que gostam de uma pegada mais esportiva também vão gostar do design.

A MT-03 é uma moto esportiva naked (sem carenagem) de alta performance. Na versão Homem de Ferro ela conta com as cores vermelho-vivo e dourado. Os grafismos também são detalhes exclusivos e que remetem ao personagem dos quadrinhos.

Mais detalhes

No tanque da moto está uma figura estilizada do personagem. Enquanto nas carenagens é possível encontrar o logotipo dos Avengers. Fora isso, partes do traje do Homem de Ferro estão presentes nas laterais do veículo. Tudo foi feito de modo a não parecer um brinquedo de criança, mas sem deixar dúvidas do que se trata.

As rodas de liga leve também contam com detalhes dourados na cor preta. A MT-03 Homem de Ferro vem equipada com motor bicilíndrico de quatro tempos. Ela oferece 42 cv de potência e torque de 3 kgfm. O câmbio sincronizado conta com seis velocidades.

O freio é de disco ventilado e com sistema ABS. A naked esportiva pesa 169 kg e conta com tanque de 14 litros. No conjunto ótico, a Yamaha disponibilizou faróis em LED diminuto e luzes diurnas também em LED. Aliás, a fabricante disse que o farol com projetor foi inspirado no traje de Tony Stark.

Continue lendo

Automobilística

Honda libera mais fotos da nova geração do HR-V

Modelo conta com versão híbrida que também deve chegar ao Brasil em breve. Ela é capaz de fazer mais de 18 km/l.

Publicado

em

Depois de quase oito meses, a Honda decidiu liberar novas imagens do HR-V 2022. O SUV compacto chega ainda em 2021 na Europa e possui versão híbrida e:HEV. Ela é capaz de fazer 18,5 km/l na gasolina. Aliás, esta versão também é aguardada pelo mercado brasileiro.

Leia mais: Volkswagen Virtus adiciona mais segurança e tecnologia na versão 2022

Novo Honda HR-V

A data de chegada do novo HR-V no Brasil é início de 2022, sem mês definido. Na verdade, o SUV será fabricado na unidade da Honda em Itirapina (SP). Com isso, sua chegada às lojas de todo o país será rápida. Espera-se que ocorra ainda no primeiro trimestre do próximo ano.

Os consumidores, aliás, podem esperar um veículo surpreendente. Afinal, o HR-V chegará totalmente modificado e ainda deve subir de patamar. Ou seja, vai disputar mercado até o novo Toyota Corolla Cross. O problema é que com isso o preço também deve ficar mais salgado.

Detalhes

A versão híbrida do modelo será convertida para flex, então utilizará gasolina e etanol. Contudo, está versão será a última a ser lançada. Inicialmente, os brasileiros vão conferir o carro com o mesmo perfil de motor.

Assim, o novo HR-V será equipado com motor 1.8 flex de até 140 cv de potência. Além disso, a versão topo de linha será 1.5 turbo, com 173 cv de potência. O câmbio automático será CVT, com simulação de marchas no volante.

Estética

A nova geração do SUV mantém o foco na elegância, com linhas mais refinadas e menos esportivas. Apesar disso, não perde a grandeza característica de um utilitário-esportivo. A iluminação é Full LED e as lanternas traseiras se conectam em uma barra de destaque. Aliás, este é o padrão que quase todas as montadoras estão aderindo.

O visual “clean refinado” se mantém no interior, que não ganhou grandes mudanças. O destaque vai para a longa saída de ar na parte superior, diferente da geração passada. Além disso, agora a central multimídia é flutuante.

Os valores ainda não foram revelados pela fabricante japonesa. Porém, com base em comparações com a concorrência e outros modelos, é possível oferecer uma estimativa. O nova Honda HR-V deve chegar ao mercado custando algo entre R$ 110 mil e R$ 160 mil.

Continue lendo

Automobilística

Detran isenta 126 mil motoristas do processo de suspensão da CNH

Ação beneficia os motoristas que tinham vinte ou mais pontos na CNH antes da reformulação do novo Código de Trânsito Brasileiro.

Publicado

em

Mais de 126 mil processos de suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foram “perdoados” pelo Departamento de Trânsito de São Paulo (Detran-SP). O motivo está relacionado à reformulação das regras do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), atualizadas em abril desse ano.

Leia mais: Liberado! Mais um grupo pode sacar auxílio emergencial a partir de hoje, 15

Ao todo, 126.957 processos de suspensão do direito de dirigir que aguardavam julgamento foram anulados pelo órgão de trânsito. A ação beneficia os motoristas que tinham vinte ou mais pontos na CNH e que tiveram seus processos abertos antes do novo CTB entrar em vigor, ou seja, até março de 2021.

“Essa mudança na lei beneficia o motorista que corria o risco de suspensão da habilitação porque tinha 20 pontos na carteira e não se encaixava na legislação do novo CTB, que hoje aumentou o limite para até 40 pontos, dentro de algumas situações”, esclareceu Raul Vicentini, diretor de Habilitação do Detran-SP.

Novo limite de pontuação

Até então, o limite de pontuação permitido para casos de infrações de trânsito era de 20 pontos. Posteriormente, após a reformulação do CTB, o quantitativo de pontuação para a suspensão da CNH ficou definido da seguinte forma:

  • 20 pontos: quando o motorista comete duas ou mais infrações gravíssimas;
  • 30 pontos: quando o motorista comete uma infração gravíssima;
  • 40 pontos: quando o motorista não possui nenhuma infração gravíssima ou em caso de ele exercer atividade remunerada.

Cancelamento automático

De acordo com o representante do Detran-SP, o condutor não precisa se dirigir a uma unidade do Poupatempo ou do Detran para pedir o cancelamento do processo de suspensão. Isso porque a ação acontece de forma automática pelo próprio sistema do órgão.

O Departamento de Trânsito também alerta para que os motoristas não caiam em golpes de pessoas que estão oferecendo serviços para efetuar a suspensão de um processo. Para evitar esse tipo de problema, o Detran vai comunicar o interessado sobre a decisão via Correio. Quem não receber o comunicado pode acessar o site do Detran-SP para mais informações.

Continue lendo

MAIS ACESSADAS