Conecte-se conosco

Ações, Units e ETF's

Banco Inter movimenta R$ 1,13 bilhão com ‘saque de ações’

Com a saida do mercado dea ções brasileiros, o Banco Inter vem fazendo a movimentação para as ações de Nasdaq. Confira!

Publicado

em

Cartão Banco Inter

O banco Inter, que está saindo da bolsa de valores brasileira, acabou movimentando um volume de 1,13 bilhões de reais com suas ações de cash-out, medida tomada quando o acionista prefere receber o valor das suas ações em dinheiro.

Veja também: Bancos devem ressarcir prejuízo em caso de roubo de celular e acesso ao aplicativo?

Nesse sentido, vale salientar que a informação foi divulgada em Comunicado ao Mercado arquivado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), no dia 23 de maio de 2022 depois do pregão.

Em vista disso, os acionistas do Banco Inter tinha até o dia 20 para fazer o informe de que preferiam receber BDRs ou dinheiro no lugar das ações BIDI11 ou BIDI4 que serão destinadas, uma vez que a fintech irá migrar sua base societária para os Estados Unidos da América, passando a negociar suas ações na Nasdaq.

Desse modo, quem não pediu nenhuma das duas opções, automaticamente, acabará recebendo o BDR do Banco Inter, já que o cash-out possui um volume máximo referente a um limite de até 10% do capital circulante da empresa.

Dessa maneira, de acordo com o levantamento feito pela a empresa, inclusive, foi esse valor que acabou sendo movimentando no cash-out, portanto, atingindo o limite máximo do caixa.

Destarte, Segundo o Inter, até o fim da Reorganização Societária, “será vedada a negociação, pelos Acionistas Legitimidade, das ações de emissão do Inter por eles detidas que tenham sido validamente alocadas à Opção Cash-Out“.

Por fim, é fundamental destacar que a “migração das ações para a Nasdaq vai fortalecer nosso posicionamento como uma empresa de tecnologia global, além de nos dar acesso ao mercado de capitais mais maduro do mundo e abrir fontes de receitas à medida em que a empresa continuar seu sólido ritmo de crescimento”, explica João Vitor Menin, CEO do Inter.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS