Conecte-se conosco

Bancos

Bancos digitais mais rentáveis de acordo com o Goldman Sachs

Acredita-se, de acordo com o Goldman Sachs que no ano de 2025 alguns bancos digitais serão destaque no que tange os lucros. Entenda!

Publicado

em

Cartões de bancos digitais

De acordo com o Goldman Sachs, o Nubank, BTG Pactual e XP estão cotados como os principais nomes para capturar lucros significativos no universo dos bancos digitais em 2025. Atrás, ainda de acordo com a Goldman, encontram-se a Stone e o PagSeguro disputando um segmento que possui uma rentabilidade menor e o Banco Inter caminhando com mais “cautela”.

Veja também: Banco BV lança CDB para financiar energia solar: entenda!

Em vista disso, na visão dos analistas, o banco que possui maior vantagem entre os demais é o Nubank, uma vez que acredita que o roxinho “é melhor posicionado para capturar a maior fatia dos lucros no setor financeiro no Brasil em 2025, de 5%, dada sua vantagem competitiva em cartões de crédito e a alta rentabilidade potencial do crédito pessoal”.

Já no caso do BTG, esse difere-se do Nubank. Mesmo sendo um banco com negócios “tradicionais”, a companhia vem adaptando-se rapidamente ao universo digital. Já a XP tem uma ampla rede de distribuição e potencial de vender mais produtos a uma base já considerável de clientes.

Dessa forma, de acordo com os profissionais, esses três “players” possuem grandes chances de se destacarem nesse mercado amplamente disputado. No que refere-se ao Banco Inter, os especialistas disseram que “embora acreditemos que o Inter pode crescer a um ritmo saudável por muitos anos, sua fatia de mercado relativamente baixa em cada produto também pode tornar mais desafiador a alavancagem de seu balanço e a entrega de altos patamares de rentabilidade“.

Portanto, a principal preocupação do Goldman com o Inter é relativo ao potencial do banco em monetizar completamente sua base de clientes.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS