Conecte-se conosco

Ações, Units e ETF's

Bitcoin cai e chega a US$30 mil: entenda!

O mercado de criptomoedas anda um pouco instável e com grandes baixas. Entenda como isso está contecendo, leia mais!

Publicado

em

De fato, devido a onda global de cautela no que refere-se ao riscos nos investimentos, o Bitcoin continua tendo quedas significativas que já passam de seis semanas, a maior queda da criptomoeda desde o ano de 2014, sendo negociado na base de 30 mil dólares, de acordo com a última informação divulgada no dia 9 de maio de 2022.

Veja também: Gucci começará a aceitar criptomoedas: saiba mais!

Em vista disso, após cair 10% no dia 6 de maio de 2022, o Bitcoin perdeu seu poder e em menos de 24 horas, saiu de 33 mil dólares a 30.647 dólares.

Por conseguinte, é extremamente importante ressaltar que esse valor é essencialmente baixo ao compararmos com a baixa histórica registrada em novembro do ano passado, de 69 mil dólares, fazendo com que a criptomoeda desvalorize em torno de 55%.

Embora o recuo seja, em suma, abrupto, alguns especialistas já esperavam essa dinâmica da moeda digital devido ao aperto monetário promovido pelo Federal Reserve (Fed), o banco central dos Estados Unidos.

Nesse sentido, de acordo com o CEO da gestora de fundos de criptomoedas BitBull Capital, Joe DiPasquale, existem grandes chances do Bitcoin cair ainda mais, “especialmente porque a política monetária continua a se contrair”.

Todavia, ao que tudo indica, DiPasqual imagina que a moeda irá cair para uma faixa entre 25 mil dólares e 30 mil (a base que já está). Além disso, o analista não joga fora a chance de “um salto no curto prazo” com os vencimentos das opções de maio chegando, num valor aproximado de 1,3 bilhões de dólares na bolsa de futuros de Bitcoin Deribit.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS