Conecte-se conosco

Criptomoedas

Bitcoin está derretendo?

O mercado de criptomoedas vem passando por uma turbulência atípica ao analisarmos os últimos meses. Entenda o que está ocorrendo!

Publicado

em

O mercado de criptomoedas no Brasil vem oscilando drasticamente e afetando diversos investidores. De fato, o Bitcoin segue em uma linha de “derretimento”, uma vez que no dia 9 de maio de 2022 atingiu seu menor valor desde julho do ano de 2021.

Veja também: Gucci começará a aceitar criptomoedas: saiba mais!

Em vista disso, esse cenário caótico, em suma, seguiu para o dia 10 de maio de 2022, no qual a cotação dessa criptomoeda chegou a ficar ainda mais “baixa”, ficando abaixo da marca de 30 mil dólares.

Desse modo, considerando que a cotação mais alta já alcançada pelo Bitcoin foi em novembro de 2021, atingiu um valor significativamente alto, de 69 mil dólares.

Portanto, analisando o valor da moeda nesse período e atualmente, percebe-se que o Bitcoin perde cerca de 57% do seu valor, fazendo com que os investidores dessa criptomoedas fiquem preocupados com o rumo de seus investimentos.

É evidente, sem sombra de dúvidas, que diversos fatores estão contribuindo pro derretimento das criptomoedas, uma delas é o conflito no leste europeu entre Rússia e Ucrânia, uma vez que essa dinâmica bélica fez com que os investidores deixassem de lado ativos de risco por conta da alta inflação ocasionada pelo conflito.

Destarte, é sabido que a volatilidade das criptomoedas é basicamente uma marca registrada, com oscilações violentas, quase nunca estáticas.

Dessa forma, resta-nos aguardar os próximos meses e esperar o que vai acontecer com o Bitcoin. Além disso, vale ressaltar que a moeda atingiu esse mesmo valor em julho do ano passado até alcançar sua maior marca já registrada. Então, acredita-se que o jogo ainda pode virar.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS