Conecte-se conosco

Empresas

Camil vai emitir R$650 mi em debêntures; lucro cai 23,2%

Trata-se de debêntures simples, não conversíveis em ações

Publicado

em

A Camil vai emitir R$ 650 milhões em debêntures, informou a companhia na noite de segunda-feira (18). O movimento foi aprovado pelo conselho de administração.

De acordo com a empresa, trata-se de debêntures simples, não conversíveis em ações, e os papéis serão vendidos a investidores profissionais.

Também disse que as debêntures serão emitidas em duas séries, sendo uma de R$ 150 milhões e outra de R$ 500 milhões, ao valor unitário de R$ 1 mil.

E acrescentou que elas serão amortizadas em duas parcelas e terão prazo de vigência de sete anos, contados da data de emissão, com vencimento previsto para 30 de outubro de 2028.

Com os recursos a serem levantados, a empresa pretende investir na construção e instalação de uma planta de cogeração de energia elétrica a partir de biomassa. Já o dinheiro da segunda operação será exclusivamente para reforçar o capital de giro da companhia.

Camil

Dia 8 de outubro a companhia informou ter obtido lucro líquido de R$ 106,5 milhões no segundo trimestre fiscal de 2021, encerrado em agosto, uma queda de 23,2% ante igual período do ano passado quando obteve lucro de R$ 138,6 milhões. O lucro por ação também diminuiu 23,2% na comparação anual, para R$ 0,29.

Já a receita líquida aumentou 16%, para R$ 2,22 bilhões. No Segmento Alimentício Brasil, a receita aumentou 24,4%, impulsionada pelo crescimento de preços de mercado, disse a Camil em comunicado. Essa alta foi parcialmente compensada por uma queda de 3,8% na receita líquida do Segmento Alimentício Internacional, por causa de menores volumes no Uruguai, Chile e Peru e efeito cambial desfavorável.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), por sua vez, caiu 7,9% na mesma comparação, para R$ 191,1 milhões. A relação dívida líquida/Ebitda terminou o segundo trimestre fiscal em 1,6x. O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 24,5 milhões no trimestre.

A Camil está na bolsa brasileira (B3) sob o ticker CAML3.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS