Conecte-se conosco

Empresas

Conheça o vendedor de canetas que se tornou milionário aos 26 anos

Ele se tornou um empresário serial, e fundou diversas atividades econômicas que graças a seus esforços, deram certo. Saiba mais!

Publicado

em

Douglas Ferreira é um jovem da periferia de Belém, que com 26 anos de idade se tornou milionário. Você deve estar pensando que ele conseguiu este feito por meio de alguma herança ou até por sorte, ganhando em algum sorteio, mas não foi nada disso.

Douglas conseguiu acumular sua fortuna com muita dedicação e trabalho.

Veja também: Apple 46 anos: Confira a história da maior empresa mundial e suas curiosidades

Ele se tornou um empresário serial, e fundou diversas atividades econômicas que graças a seus esforços, deram certo. “Quando era uma criança e me perguntavam “o que quer ser quando crescer”, eu sempre respondia “empresário”, deixando os adultos surpreendidos”, conta ele.

O jovem foi criado pela mãe, que era dona de casa, inclusive, ele sempre estudou em escolas públicas. Aos 10 anos de idade começou a vender canetas, foi aí que o empreendedorismo nasceu dentro dele.

Desde cedo esforçando-se para ganhar seu próprio dinheiro, Douglas entrou como aprendiz em uma empresa de transporte aos 14 anos, e o contrato que era para durar apenas dois anos, passou para quatro, devido o ótimo trabalho prestado.

Mesmo trabalhando como aprendiz, Douglas continuava com suas vendas, que segundo ele, sempre foi sua paixão. Como ele mesmo conta: “Sempre fui apaixonado por empreendedorismo, desde cedo, isso está em minhas veias”.

Com 15 anos, Douglas conseguiu uma bolsa de estudos de 70% em uma escola particular, no qual o restante ele pagava com o próprio salário que ganhava como aprendiz, e ainda, até os 19 anos ele foi vendedor. Das canetas, ele passou a vender também roupas, sapatos e bijuterias.

Com 20 anos ele chegou a entrar na universidade, para o curso de Administração, mas decidiu abandonar quando viu que não era para ele. Foi assim que ele passou a se dedicar ao próprio negócio.

Ele fundou então uma loja de dermocosméticos vendidos via e-commerce, chamada DermoSec.

“A DermoSec é mais do que uma marca de cosméticos. Ela devolve autoestima e confiança para meus clientes. Foram mais de 200 mil vidas transformadas com esses produtos”, orgulha-se Douglas.

Hoje a marca do jovem já exporta produtos para fora do Brasil, e está cada dia mais crescendo.

Além da DermoSec, Douglas criou outra série de empresas, que rendem cerca de R$ 20 milhões por ano, e hoje foca no mercado digital.

Ele diz que costuma ver um certo preconceito por ser tão jovem, mas que já se provou como um bom empresário, mostrando resultados extraordinários.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS