Conecte-se conosco

Economia

Conheça tudo sobre a Apple Pay, a carteira digital do iPhone

Com o Apple Pay, os clientes podem acessar os cartões de forma virtual, trazendo mais comodidade e segurança.

Publicado

em

Apple Pay

As carteiras digitais estão ficando cada vez mais populares, afinal, oferecem segurança e praticidade de uma só vez. Nesse cenário, a e-wallet da Apple, conhecida como Apple Pay, tem uma série de vantagens. Nela, os consumidores podem carregar os cartões de crédito, débito e pré-pagos de maneira virtual, evitando a necessidade de ficar sempre levando esses cartões. 

Além da comodidade, os usuários do Apple Pay ficam mais seguros, já que o pagamento acontece por aproximação. O aplicativo vem instalado no iOS. Para acessar, basta ir até “Ajustes” e buscar por “Wallet e Apple Pay”. 

O primeiro passo é cadastrar os cartões. O procedimento é bem simples, o usuário deve selecionar a opção de “Adicionar Cartão” e a câmera vai ser ativada automaticamente, aponte-a para o cartão. Assim, o aparelho vai identificar os dados automaticamente. Outra opção é digitar os dados manualmente. Quando todos estiverem cadastrados, já é possível utilizar o Apple Pay em compras físicas e lojas online. 

Em estabelecimentos físicos, o processo é feito por NFC, ou seja, pagamento por aproximação, na sigla em inglês. Com essa tecnologia, o cliente aproxima o celular da maquininha e, em caso de pagamentos mais baixos, não é necessário nem digitar a senha para ter a transação aprovada.

O método de autenticação pode variar dependendo do aparelho. No caso do iPhone X ou dos modelos superiores, por exemplo, o processo é feito pelo Face ID. Assim, basta pressionar duas vezes o botão lateral para ativar o Apple Pay e o reconhecimento do rosto vai ser feito. Em seguida, é só escolher o cartão de crédito ou débito e aproximar da maquininha. Nos modelos anteriores de iPhone, a autenticação é feita através de impressão digital ou senha. 

No Brasil, o Apple Pay é compatível com os cartões Visa e Elo, emitidos pelo Bradesco e Banco do Brasil. Além desses, no caso do Itaú, todas as bandeiras são aceitas, inclusive de empresas parceiras. 

Os consumidores podem fazer uso dessa tecnologia em diversos estabelecimentos físicos e online.

Continue lendo
Publicidade
Comentários