Conecte-se conosco

Economia

FGTS: calendário do saque emergencial deve incluir 60 milhões de pessoas

Auxílio emergencial e abono foram outras medidas recentes

Publicado

em

FGTS: Será que vale a pena usar o saldo para financiar imóveis?

O saque emergencial do FGTS foi pago no ano passado como uma das medidas adotadas pelo governo para o enfrentamento da pandemia de Covid-19. Devido ao avanço da doença nos últimos meses é esperado que o governo faça o pagamento neste ano.

Os trabalhadores que possuíam saldo no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, em contas ativas ou inativas, puderam sacar até um salário mínimo no ano passado. Essa modalidade foi chamada de saque emergencial do FGTS.

O benefício contemplou 60 milhões de brasileiros. O intuito foi ajudar a esses trabalhadores a enfrentar a crise gerada pela pandemia em 2020. Com o aumento de casos de internações e morte por Covid, o governo deve reeditar a medida.

Nos últimos meses o governo já restabeleceu o pagamento do auxílio emergencial, antecipou o pagamento do Abono Salarial e confirmou a antecipação do 13º salário para aposentados e pensionistas do INSS.

FGTS: calendário do saque emergencial deve incluir 60 milhões de pessoas

FGTS

A primeira parcela do auxílio já começou a ser depositada nas contas Poupança Social Digital na última terça-feira (06). Já a antecipação do 13º salário do INSS aguarda a aprovação do Orçamento Geral da União 2021.

Diante disso, é esperado que o governo anuncie o saque emergencial do FGTS 2021. Porém, assim como o auxílio emergencial 2021, este também deve apresentar algumas mudanças. A primeira mudança certa é o aumento do limite de saque de R$ 1.045 para R$ 1.100.

Saque emergencial

No ano passado, essa modalidade de saque do Fundo foi permite a todos os brasileiros que tinham saldo em contas, ativas ou inativas, no FGTS. O pagamento seguiu um calendário escalonado.

Sendo assim, os trabalhadores podiam ir sacando, conforme o mês de aniversário. O primeiro saque foi liberado no dia 29 de junho para os nascidos no mês de janeiro. O calendário de pagamentos foi finalizado no dia 21 de setembro para os aniversariantes de dezembro.

Poupança Social Digital

O depósito era feito na conta Poupança Social Digital. Com isso, os trabalhadores podiam movimentar o valor por meio do aplicativo Caixa TEM. Além de sacar o valor, puderam fazer compras e pagamentos pelo app.

Os saques ficaram disponíveis até o dia 31 de dezembro de 2020, ou seja, quando a medida deixou de vigorar. Os valores não movimentados foram retornados a conta do Fundo, com suas devidas correções.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.