Conecte-se conosco

Economia

Gasolina: Ativa vê queda no preço nos próximos dias após baixa no petróleo

Segundo análise de especialistas da Ativa Investimentos, preço da gasolina no país tem potencial de baixa de 5%.

Publicado

em

Bomba de Gasolina

O preço da gasolina pode ter queda de até 5% no Brasil nos próximos dias, estima a Ativa Investimentos. Na última quinta-feira, 2, a corretora atualizou seus cálculos de defasagem dos valores do combustível praticados no mercado doméstico e internacional.

Leia mais: Carros elétricos conquistam cada vez mais brasileiros

“O potencial baixista é fruto da queda no preço do barril de petróleo internacional, sendo negociado próximo aos US$ 70 dólares nesta quinta. Em geral, o mercado e as commodities reagiram a incerteza trazida pela Ômicron com o temor de novas restrições e queda de demanda”, disse Guilherme Sousa, economista da Ativa.

O que pode segurar essa queda é o câmbio, que está em R$ 5,68 por dólar, lembra o economista-chefe da corretora, Étore Sanchez. “Se [o câmbio] ao menos continuasse estável nos últimos dias, o potencial de redução seria ainda maior”, afirma.

Outro ponto importante nessa equação é a reunião da Opep+ marcada para esta sexta-feira, 3, na qual será abordada a produção coletiva de combustível. Sanchez acredita que o que realmente pesará na decisão é a vontade dos países de usar a reserva estratégica, embora a ação do cartel e a Ômicron devam entrar na conversa.

“Com recursos finitos por parte das nações, incluindo os EUA, a estratégia dominante é acelerar esse processo. Ou seja, os desdobramentos da reunião podem trazer um viés baixista ao preço do barril de petróleo”, completa.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS