Conecte-se conosco

Economia

Guedes afirma que não deixará o cargo enquanto tiver a confiança de Bolsonaro

Ministro também reconheceu que tem havido certa dificuldade para avançar com as privatizações previstas.

Publicado

em

Bolsonaro e Guedes

Paulo Guedes, ministro da Economia, ressaltou que enquanto tiver a confiança de Jair Bolsonaro, presidente da República, não deixará o cargo. Ele ainda destacou que tem a confiança do presidente e do Congresso.

“Se ele (Bolsonaro) confia no meu trabalho e eu conseguir executar meu trabalho, tudo bem. Se ele não confiar, eu sou demissível em 30 segundos”, disse Guedes em entrevista ao podcast Primocast, de Thiago Nigro.

“A ofensa não me tira daqui. O medo, o combate, o vento, a chuva, isso não me tira daqui de jeito nenhum. O que me tira daqui é, um, a perda da confiança do presidente, dois, ir para o caminho errado. Se eu tiver que empurrar o Brasil para o caminho errado, eu prefiro não empurrar, prefiro sair”, completou ele.

O ministro reconheceu que tem havido certa dificuldade em avançar com alguns projetos, como as privatizações. “As privatizações estão bastante atrasadas, a reforma tributária nossa também se atrasou. A abertura da economia a gente conseguiu ir bem, mas depois chegou a Covid e travou. Mas vamos abrir de novo”, disse ele.

Você pode gostar
Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.