Conecte-se conosco

Ações, Units e ETF's

Ibovespa fecha em alta de 0,42%, aos 125.929,25 pontos

O dólar encerrou em baixa de 0,76%, a R$5,1916.

Publicado

em

Bolsa de valores B3

O Ibovespa fechou a sessão desta quarta-feira (21) em alta de 0,42%, aos 125.929,25 pontos, enquanto o dólar encerrou em baixa de 0,76%, a R$ 5,1916, depois de oscilar entre a mínima de R$ 5,1821 e a máxima de R$ 5,2774

Na gringa, o Dow Jones fechou em alta de 0,83% (34.797,74), e o S&P em alta de 0,82% (4.358,65). Já a Nasdaq, relacionada a tecnologia, em alta de 0,92% (14.631,95).

Voltando ao Brasil, a bolsa brasileira foi influenciada pelos papéis de siderúrgicas, bem como a mineradora Vale, que reportaram bem neste dia.

Eles subiram influenciados pelo crescimento de 13% na produção mineral brasileira no segundo trimestre de 2021 frente a igual período do ano anterior.

Dentre as maiores altas do dia, destaque para Usiminas (USIM5), que avançou 2,76%, a R$ 19,73; também Gerdau (GGBR4), com 2,46%, a R$ 30,36; e CSN (CSNA3) com 1,95%, a R$ 45,44.

Já a Gerdau Metalúrgica (GOAU4) marcou alta de 1,73%, a R$ 14,10, e Vale (VALE3) valorizou 1,04% (R$ 114,29).

Dos commodities, destaque para o petróleo, cujo tipo Brent fechou em alta de 4,15%, a US$ 72,23 o barril em setembro. O WTI, por sua vez, subiu 4,61%, a US$ 70,30 em setembro.

Ibovespa: radar

Também nesta quarta-feira a Embraer informou que entregou um total de 34 jatos no 2º trimestre de 2021, sendo 14 comerciais e 20 executivos. Em 30 de junho de 2021, a carteira de pedidos firmes totalizava U$ 15,9 bilhões, um aumento de 12% em relação à do primeiro trimestre.

O Banco Central, por sua vez, elencou que o fluxo cambial do ano até 16 de julho ficou positivo em US$ 14,254 bilhões. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 15,252 bilhões.

Coronavírus

Levantamento do consórcio de imprensa destaca que o país registrou 1.425 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando nesta terça-feira (20) 544.302 óbitos desde o início da pandemia.

Também disse que a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.197 – o segundo menor registro desde o dia 1º de março (quando estava em 1.223). Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -19 % e aponta tendência de queda. É o 24º dia seguido de queda nesse comparativo.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.