Conecte-se conosco

Saúde

INSS pode antecipar aposentadoria de infectados pela Covid-19

O Instituto Nacional do Seguro Social pode antecipar a aposentadoria de pessoas que pegaram Covid-19. Entenda o que está ocorrendo!

Publicado

em

Sem sombra de dúvidas, a pandemia tornou-se catastrófica para grande parte da população brasileira que acabou perdendo completamente o poder de compra, o emprego, e está passando por grandes altas inflacionárias, o que acaba dificultando um pouco (às vezes muito) a vida das pessoas.

Além disso, aqueles que acabaram pegando a doença, sofreram algumas sequelas, uma vez que essa doença deixa marcas que não entendíamos até então.

Em vista disso, é importante salientar que com o passar do tempo, esses colaterais vão sumindo em alguns casos, e em outros não, devido a essa dinâmica, o INSS optou por tomar a decisão, visando prestar auxílios as pessoas que estão passando por essa problemática.

Ao que tudo indica, atualmente, grande parte das pessoas foi infectada pelo coronavírus. No entanto, com a vacinação em andamento e em alta escala, a população passou a sobreviver quando pega a doença. No entanto, é sabido que essa doença deixa sequelas que podem ser permanentes.

Em vista disso, como essas sequelas acabaram atrapalhando a vida de muitas pessoas que não conseguiram retornar ao trabalho, o Instituto Nacional do Seguro Social, decidiu antecipar a aposentadoria desses sujeitos que ficaram com sequelas da doença.

Vale lembrar que essa regra só será válida para aqueles que contribuíram de forma regular para a Previdência Social, independente do período de carência ocasionado pela pandemia de modo geral.

Ou seja, resumindo, existem quatro direitos que possibilitam que a pessoa antecipe a aposentadoria, sendo estes: auxílio-doença, auxílio-acidente, aposentadoria por invalidez e pensão por morte.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS