Conecte-se conosco

Agronegócio

Jacinto: conheça e aprenda a cultivar essa belíssima flor

É possível tê-la em casa ou no jardim, embelezando e perfumando o lar.

Publicado

em

Ela chama atenção pela beleza e perfume. E não é para menos. A flor jacinto tem cor viva, capaz de embelezar qualquer ambiente. E acredite: seu plantio e manejo é bastante simples e requer apenas alguns cuidados básicos.

Veja também: Flor-de-Jericó: aprenda a plantar e cultivar a famosa “rosa-da-ressurreição” em casa!

O cultivo

O primeiro passo é escolher o vaso ideal para o cultivo. Por ser uma planta grande e que precisa de espaço, é recomendável que ele tenha, pelo menos, 40 cm de altura e 40 cm de diâmetro.

O recipiente deve ser forrado com pedras grandes e areia grossa como substrato. Dessa forma, será possível melhorar o sistema de escoamento. Em seguida, coloque a terra e adubo orgânico.

Para fazer mudas dessa belíssima planta, você pode retirar um dos bulbos da planta mãe. Quando a muda se desenvolver, será preciso transplantá-la para um vaso maior. Para isso, faça uma cova com cerca de 20 cm de profundidade e coloque a muda. Cubra com terra, mas sem apertar.

A flor jacinto não gosta de muita umidade. Então, faça as regas de acordo com a necessidade do solo e sem encharcar. Por isso é importante manter um sistema de escoamento no solo e utilizar um vaso com furos abaixo. Uma dica é colocar serragem de madeira em cima da terra, para que ele sugue todo o excesso de umidade presente no solo.

O mais indicado é que o cultivo dessa planta seja realizado no outono a fim de que sua floração ocorra na primavera. Mas, calma! Isso não significa que ela não irá florescer em outras estações.

E atenção! Caso você perceba que alguns dos bulbos da planta estão doentes ou apodrecendo, retire-os imediatamente. Talvez eles estejam contaminados com fungos e bactérias que podem comprometer o desenvolvimento da planta.

A partir dessas dicas e cuidados, é possível tê-la em casa ou no jardim, embelezando e perfumando o lar.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS