Conecte-se conosco

Ações, Units e ETF's

Maior aversão a ômicron e risco fiscal alto ‘detonam’ Ibovespa: -2,20%

Avanço da variante ômicron e aceno eleitoreiro do governo esvaziam negócios na bolsa brasileira

Publicado

em

Crédito: plataformafasttrade

Enquanto que, no exterior, cresce a aversão ao vírus global (o pequeno, ômicron), por aqui aumenta a preocupação do investidor com relação ao avanço do risco fiscal, mediante aceno eleitoreiro do Executivo com reajustes salariais a categorias com salários defasados (entre os quais, profissionais da área de segurança).

Para completar o quadro adverso, o principal bloco de sustentação do Planalto, o Centrão, agora defende que o benefício do Auxílio ‘pleito’ Brasil passe a R$ 600 (e não mais R$ 400), enquanto o ministro offshore Guedes pensa mais alto, num benefício de R$ 800, para ‘acompanhar a inflação’. O céu é o limite e nós é que pagamos por ele.

Diante dessa interação negativa de fatores, o Ibovespa operava, às 17h16, em queda de 2,20% a 104.839,80 pontos.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS