Conecte-se conosco

Empresas

O futuro está chegando: Uso de senhas cairá em desuso

Ao que tudo indica, em futuro não tão distante, o uso das senhas não será necessário. Você acredita? Confere aqui!

Publicado

em

Apresentado como um conceito problemático, as senhas poderão cair em desuso. De acordo com um comentário realizado por Fernando Zamai, líder na área de segurança da “Cisco” no país,  “A senha é um mal necessário que foi criado”.

Veja também: Uber disponibiliza novos recursos de segurança através do aplicativo

Em vista disso, durante algum período, a multinacional começou a desenvolver alguns métodos para que a necessidade de senhas venha ser completamente descartada, colocando apenas em vista supostas autenticações multifatoriais e o uso considerável da biometria.

Veja, por exemplo, as medidas publicadas pela Duo Security, da Cisco, solução líder de autenticação multifator (MFA) e acesso seguro, aplicadas pelas muitas instituições, as quais também estão andando por este mesmo caminho, indo ao encontro de outras opções para substituir o uso das senhas, ainda mais na realidade atual, na qual a maioria dos funcionários tem trabalhado de forma híbrida.

Desse modo, ao mesmo tempo em que aumenta consideravelmente o número final de autenticações Duo MFA em 39%, aumenta constantemente as autenticações biométricas, cerca de 50%.

Mas, você já imaginou um mundo sem senhas? Ao contrário do que muitos possivelmente pensam a modificação quanto ao uso de senha, tornaria mais seguro a implantação dos novos métodos, do que as tradicionais senhas.

À vista disso, “com o avanço das técnicas de phishing (usadas para enganar usuários e obter informações confidenciais), só ter uma boa senha já não é eficiente em termos de segurança”, diz o especialista. “E a complexidade das senhas atuais, longas e com caracteres especiais, cria um transtorno para a vida do usuário, e isso vem se tornando cada vez menos eficiente“.

Surpreenda-se apenas caso desejar, mas, consoante às pesquisas do Gartner, 20% a 50% das vezes em que ocorrem ligações destinadas ao suporte de TI, são devido ao fato que o usuário esqueceu sua senha. Ok! Mas, qual seria a solução para acabar com esse problema?

Em resposta, a Cisco mencionou na utilização do Zero Trust Security, um modelo responsável por proteger a entrada de aplicações de 120 mil usuários.

Além disso, é acoplada a alguns provedores de autenticação única (SSO) e identidade, que aproveitam chaves de segurança e biometria de plataformas como, por exemplo, o FaceID ou o TouchID da Apple.

Dessa maneira, decorrente da autenticação em dois fatores, a instituição auxilia na defesa de 5 milhões de tentativas de acesso mensalmente em 3 mil aplicações. “A Cisco vem desenvolvendo novas formas de comunicar que o usuário é ele mesmo quando acessa uma aplicação”, explica Zamai.

Publicidade
Comentários

MAIS ACESSADAS