Conecte-se conosco

Finanças

Pix: Serviço fora do ar leva BC a ensinar o passo a passo para resolver a questão

Na palma da mão

Publicado

em

Pix

O Pix é o sistema de pagamentos e transferências eletrônicas e instantâneas do Banco Central (BC). Embora não seja comum que ele saia do ar, já aconteceu e, por conta disso, a autoridade monetária elencou dicas para solucionar o problema.

Leia também: Pix: Pequenos comerciantes são os maiores usuários do sistema de pagamentos

Ainda de acordo com o BC, o sistema está em atividade há nove meses e já se tornou o principal recurso para pagamentos e transferências, deixando o TED e o DOC para trás.

Assim, segundo o BC, para corrigir qualquer problema, deve-se:

Reiniciar o app e acessar a conta novamente;

Reiniciar a conexão da Internet;

Alternar entre a rede da conexão Wi-Fi pela 4G, mas vice-versa.

Apesar de a oscilação ser no serviço do Pix, bem como no aplicativo da conta bancária, é recomendado não se afligir. O serviço tende a ser reparado em poucos instantes.

Desse modo, tente realizar o processo da transação novamente pelo Pix após algum tempo. Assim, muito provavelmente estará funcionando normalmente.

Pix

Pix

O Pix está disponível em 760 instituições bancárias do Brasil, permitindo o pagamento instantâneo com transferências realizadas 24 horas por dia.

A modalidade pode ser realizada a partir da conta corrente, da conta poupança ou da conta de pagamento pré-paga. Atualmente, conforme informações do Banco Central do Brasil (BC), 274.374.807 pessoas físicas e jurídicas ativaram o PIX até o dia 30 do mês de junho.

O número é superior ao de brasileiros, pois são permitidas várias chaves. Há cerca de 1,30 chave para cada habitante em solo nacional.

Ainda de acordo com a instituição, cerca de 88,5 milhões de pessoas, mais de 50% da população, operam as chaves do PIX por dia. O BC informou que foram realizadas mais de 2 bilhões de transações até junho deste ano. Para se ter uma ideia do tamanho da adesão do serviço, mais de R$1 trilhão foram movimentados até junho.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.